[ID 35004] COMPARAÇÃO ENTRE DOIS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE SOBRE HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA (HAS): CONSIDERAÇÕES SOBRE UMA EXPERIÊNCIA

  • Jairo Domingos de Morais UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
  • Neir Antunes Paes UFPB
  • Kátia Suely Queiroz Silva Ribeiro UFPB
  • Cristiane Mélo Poletto SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE PEDRAS DE FOGO

Resumo

Introdução: Objetivou comparar e compreender a lógica existente na produção, fluxo e análise dos dados que alimentam o Sistema de Cadastramento e Acompanhamento de Hipertensos e Diabéticos e o formato de Coleta de dados Simplificada do e-SUS Atenção Básica e identificar os desafios encontrados na mudança de um sistema para o outro no que diz respeito ao usuário com hipertensão. Metodologia: Trata-se de um estudo de caso que foi realizado com base na consulta de artigos científicos, documentos e manuais técnicos, relatórios de oficinas de trabalho, opiniões de trabalhadores da APS e vivências durante o processo de concepção e implantação dos dois sistemas. Resultados: Os Sistemas estudados apresentam diferenças entre as informações contidas nos mesmos e que existem divergências na produção, fluxo e análise dos dados entre os dois sistemas, entretanto, o que se percebe é que no HIPERDIA, os dados produzidos na Unidade são referentes aos usuários hipertensos cadastrados e acompanhados mensalmente e que os dados provenientes do e-SUS Atenção Básica formato de Coleta de dados Simplificada são referentes ao curso natural do atendimento. Conclusão: O presente estudo possibilitou a discussão dos dados referentes à hipertensão arterial a partir de duas bases de dados investigadas para Atenção Básica. À escassa literatura cientifica que discuta e reflita sobre a produção, fluxo e análise dos dados do formato de Coleta de dados Simplificada do e-SUS Atenção Básica como um todo, apresenta-se como uma limitação e, portanto, se faz necessário a realização de novas pesquisas sobre a temática. Descritores: Sistema de Informação. Hipertensão. Atenção Primária à Saúde. Estudos de Casos.

Biografia do Autor

Jairo Domingos de Morais, UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
Fisioterapeuta. Doutorando, Pós-Graduação em Modelos de Decisão e Saúde, Universidade Federal da Paraíba. João Pessoa (PB)
Neir Antunes Paes, UFPB
Estatístico. Pós-Doutor em Saúde Pública. Professor Titular da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).
Kátia Suely Queiroz Silva Ribeiro, UFPB
Fisioterapeuta. Doutora em Educação. Professora Associada da Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Cristiane Mélo Poletto, SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE PEDRAS DE FOGO
Enfermeira. Especialista em Saúde da Família. Secretaria Municipal de Pedras de Fogo. João Pessoa (PB)
Publicado
2019-03-21
Como Citar
de Morais, J. D., Paes, N. A., Queiroz Silva Ribeiro, K. S., & Poletto, C. M. (2019). [ID 35004] COMPARAÇÃO ENTRE DOIS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE SOBRE HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA (HAS): CONSIDERAÇÕES SOBRE UMA EXPERIÊNCIA. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 23(1). https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2019v23n1.35004
Seção
Pesquisa