[ID 51396] POLUIÇÃO DO AR E HOSPITALIZAÇÕES POR DOENÇAS CARDIOPULMONARES NA CIDADE DE NOVA IGUAÇU- ESTUDO DE COORTE RETROSPECTIVA

  • Paulo Henrique de Moura
  • Adalgiza Mafra Moreno
  • David William Lima Santos
  • Paula Guidone Pereira Sobreira
  • Fabrício Polifke da Silva
  • Luiz Francisco Pires Guimarães Maia
Palavras-chave: Qualidade do Ar. Poluição do Ar. Material Particulado (PM10). Hospitalização. Doenças Cardíacas. Doenças Pulmonares.

Resumo

Objetivo: Correlacionar hospitalizações por doenças cardíacas e pulmonares com a poluição do ar (PM10) e os fatores meteorológicos na Cidade de Nova Iguaçu, entre os anos de 2005 a 2016. Metodologia: Estudo de coorte retrospectivo, observacional, descritivo e analítico que avaliou a poluição do ar e as hospitalizações cardiopulmonares. Os dados de poluição do ar foram fornecidos pelo Instituto Estadual do Ambiente (INEA) e as hospitalizações por meio das Autorizações de Internações Hospitalares (AIH) do banco de dados do Datasus, num período de 12 anos. A análise estatística foi realizada pelo software SPSS IBM 25. Os dados das médias mensais foram expressos em média, desvio padrão, mediana e intervalo de confiança de 95%, empregando-se o coeficiente de correlação de Spearman. Foi considerada a significância estatística (p<0,05). Resultados: Os níveis anuais de PM10 apresentaram média de 75,2 ±15,3 mg/m3 (IC: 65,5 - 84,9) e de hospitalizações 6.635±2.360 (IC: 5.003 - 8.267). Ocorreu uma redução de 47% dos níveis de (PM10) e 112% das hospitalizações nos 12 anos. Verificou-se diferença estatística entre as hospitalizações pulmonares e cardíacas nos anos analisados (p<0,05). A correlação mensal entre PM10 e hospitalizações foi de (R=0,29), sendo a maior correlação anual encontrada entre temperatura e hospitalizações (R=0,70). Conclusão: O número de hospitalizações por doenças pulmonares foi o dobro das cardíacas. Constatou-se uma queda na concentração de PM10 e no número de hospitalizações por ambas as causas, apesar da não conformidade dos níveis de PM10. A correlação entre PM10 e hospitalizações foi positiva e fraca.
Publicado
2020-09-25
Como Citar
de Moura, P. H., Mafra Moreno, A., Lima Santos, D. W., Guidone Pereira Sobreira, P., Polifke da Silva, F., & Pires Guimarães Maia, L. F. (2020). [ID 51396] POLUIÇÃO DO AR E HOSPITALIZAÇÕES POR DOENÇAS CARDIOPULMONARES NA CIDADE DE NOVA IGUAÇU- ESTUDO DE COORTE RETROSPECTIVA. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 24(3). https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2020v24n3.51396
Seção
Artigo de Pesquisa