[ID 52609] A MORTALIDADE POR ASMA EM ADULTOS E IDOSOS NO BRASIL ENTRE 2000 A 2015

ASTHMA MORTALITY IN ADULTS AND ELDERLY IN BRAZIL BETWEEN 2000 AND 2015

Palavras-chave: Asma. Mortalidade. Atenção à Saúde. Desigualdades. Grupos Etários.

Resumo

Objetivo: Analisar as características da mortalidade por asma em adultos e idosos (≥20 anos de idade) no Brasil. Metodologia: Estudo ecológico com dados de óbitos ocorridos entre 2000 a 2015, disponíveis no Sistema de Informações sobre Mortalidade. Calcularam-se as taxas de mortalidade ajustadas por idade e frequência relativa dos óbitos. Estimou-se a tendência desses óbitos pelo Modelo de Prais-Winsten. Aplicou-se a estatística G* para verificar significativos clusters de Unidade Federada (UF), com similares níveis de mortalidade. Resultados: Os óbitos em adultos representaram 91,0% (n=36.977), destes, 67,5% em idosos. Os óbitos foram mais frequentes nas mulheres, idosos, de baixa escolaridade, de regiões e unidades federativas com pior infraestrutura socioeconômica e de saúde. As Regiões Norte e Nordeste foram as únicas que não apresentaram tendência estatisticamente significante de redução das taxas de mortalidade em ambos os sexos e idades. Os Estados da Região Nordeste apresentaram estatisticamente significantes riscos de morte, segregados em ambos os sexos, em relação ao resto do país. Conclusão: A asma é uma importante causa de mortalidade em adultos e idosos no Brasil. As desigualdades socioeconômicas e assistenciais à saúde estão associadas às diferenças nos riscos de morte observadas.
Publicado
2020-12-05
Como Citar
de Sousa Cavalcante, M., & Luciano Carneiro Alves de Oliveira, B. (2020). [ID 52609] A MORTALIDADE POR ASMA EM ADULTOS E IDOSOS NO BRASIL ENTRE 2000 A 2015. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 24(4). https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2020v24n4.52609
Seção
Artigo de Pesquisa