[ID 29061] PREVALÊNCIA DA OBESIDADE E DE HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA EM CRIANÇAS DE ESCOLAS PÚBLICAS DO MUNICÍPIO DE FLORIANO-PI

  • Alaeny Dias Clementino da Silva UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ- Campus Almícar Ferreira Soral.
  • Ada Alves da Silva Universidade Federal do Piauí-UFPI
  • Maria Augusta Rocha Bezerra Professora Assistente do Curso de Bacharelado em Enfermagem da UFPI - Campus Amílcar Ferreira Sobral, Floriano-PI
  • Marttem Costa de Santana Professor do Colégio Técnico de Floriano - Campus Amílcar Ferreira Sobral – UFPI, Floriano-PI
  • Mychelangela de Assis Brito Professora Assistente do Curso de Bacharelado em Enfermagem da UFPI - Campus Amílcar Ferreira Sobral, Floriano-PI
  • Ruth Cardoso Rocha Professora Auxiliar do Curso de Bacharelado em Enfermagem da UFPI - Campus Amílcar Ferreira Sobral, Floriano-PI

Resumo

Objetivo: Investigar a prevalência da obesidade e da hipertensão arterial sistêmica em crianças de escolas públicas do Município de Floriano-PI. Material e Métodos: Estudo descritivo, quantitativo, com delineamento transversal. Amostra composta por 349 crianças entre cinco e nove anos de idade, matriculadas em escolas municipais. Os participantes responderam a um questionário estruturado, que abrangeu dados de identificação e os antecedentes familiares dos pais e histórico de saúde. Em seguida aplicou-se um formulário, para avaliação dos dados antropométricos, níveis pressóricos e presença de Acanthosis nigricans. Realizou-se a análise estatística descritiva, desvio padrão das variáveis e teste qui-quadrado (χ2). Resultados: a média de idade foi 7,8 anos, sendo 43,8% do sexo masculino e 56,2% do feminino. 24,4% das crianças apresentaram sobrepeso e obesidade; 77% tinham valores normais para pressão arterial e 15,2% estavam com valores limítrofes. 7,4% apresentaram circunferência abdominal com percentil ≥ 90 e 3,2% tinham Acanthosis nigricans. No que se refere ao componente genético dos pais/responsáveis foram identificados os percentuais com maior prevalência para hipertensão (45,6%). A associação da avaliação antropométrica, nutricional, dos níveis pressóricos e da presença de Acanthosis nigricans com o sexo das crianças não se mostrou significante. Os testes qui-quadrados correlacionando o peso da criança à classificação da pressão arterial e à presença de Acanthosis nigricans apresentaram associação significativa. Conclusão: As prevalências de excesso de peso e hipertensão sistêmica foram encontradas em número reduzido de participantes, ainda assim, tornam-se um importante problema de saúde pública. Sugerem-se iniciativas que visem medidas preventivas ainda na infância. Descritores: Fatores de Risco. Criança. Doenças Cardiovasculares. Obesidade. Hipertensão.

Biografia do Autor

Alaeny Dias Clementino da Silva, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ- Campus Almícar Ferreira Soral.
Enfermeira formada pela UFPI
Ada Alves da Silva, Universidade Federal do Piauí-UFPI
Enfermeira, Universidade Federal do Piauí-UFPI
Maria Augusta Rocha Bezerra, Professora Assistente do Curso de Bacharelado em Enfermagem da UFPI - Campus Amílcar Ferreira Sobral, Floriano-PI
Enfermeira. Mestre em Saúde da Criança e do Adolescente da Universidade Estadual do Ceará (UECE). Doutoranda em Enfermagem pela UFPI. Professora Assistente do Curso de Bacharelado em Enfermagem da UFPI - Campus Amílcar Ferreira Sobral, Floriano-PI
Marttem Costa de Santana, Professor do Colégio Técnico de Floriano - Campus Amílcar Ferreira Sobral – UFPI, Floriano-PI
Enfermeiro. Mestre em Educação pela UFPI e em Terapia Intesinva pela IBRATI/SOPBRATI. Doutorando em Tecnologia pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Professor do Colégio Técnico de Floriano - Campus Amílcar Ferreira Sobral – UFPI, Floriano-PI
Mychelangela de Assis Brito, Professora Assistente do Curso de Bacharelado em Enfermagem da UFPI - Campus Amílcar Ferreira Sobral, Floriano-PI
Enfermeira. Mestre em Enfermagem pela UFPI. Professora Assistente do Curso de Bacharelado em Enfermagem da UFPI - Campus Amílcar Ferreira Sobral, Floriano-PI
Ruth Cardoso Rocha, Professora Auxiliar do Curso de Bacharelado em Enfermagem da UFPI - Campus Amílcar Ferreira Sobral, Floriano-PI
Enfermeira. Especialista em Saúde da Família. Mestranda em Enfermagem pela UFPI. Professora Auxiliar do Curso de Bacharelado em Enfermagem da UFPI - Campus Amílcar Ferreira Sobral, Floriano-PI
Publicado
2019-10-01
Como Citar
Silva, A. D. C. da, da Silva, A. A., Bezerra, M. A. R., Santana, M. C. de, Brito, M. de A., & Rocha, R. C. (2019). [ID 29061] PREVALÊNCIA DA OBESIDADE E DE HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA EM CRIANÇAS DE ESCOLAS PÚBLICAS DO MUNICÍPIO DE FLORIANO-PI. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 23(3). https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2019v23n3.29061
Seção
Pesquisa