[ID 41392] PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PRINCIPAIS TUMORES SÓLIDOS EM UMA UNIDADE DE ALTA COMPLEXIDADE EM ONCOLOGIA NO ESTADO DA AMAZÔNIA LEGAL

  • Dielle de Carvalho Loureiro Aluna de Graduação em Medicina, Universidade Federal do Amapá – UNIFAP, Macapá, Amapá, Brasil.
  • Luciana da Silva Caetano Aluna de Graduação em Medicina, Universidade Federal do Amapá – UNIFAP, Macapá, Amapá, Brasil.
  • Roberto Marcel Soares Alves Professor Mestre em Ciências da Saúde, Colegiado de Medicina, Universidade Federal do Amapá – UNIFAP, Macapá, Amapá, Brasil.
  • Bráulio Érison França dos Santos Professor Mestre em Ciências da Saúde, Colegiado de Medicina, Universidade Federal do Amapá – UNIFAP, Macapá, Amapá, Brasil.

Resumo

Objetivo: Descrever o perfil epidemiológico dos tumores sólidos mais prevalentes em uma unidade de assistência de alta complexidade em oncologia em um estado da Amazônia Legal e correlacionar com os dados nacionais. Metodologia: Pesquisa descritiva, transversal e com análise quantitativa, da qual foram amostrados 1568 pacientes atendidos no período de janeiro de 2013 a dezembro de 2017, coletadas variáveis de data nascimento, raça/cor, sexo, cidade/estado, data da biópsia, data do óbito e CID-10/diagnóstico. Os dados foram analisados através do teste não paramétrico Qui-quadrado (X2) com 5% de probabilidade de erro e variáveis com valor de P estatístico menor que 0,05 foram consideradas estatisticamente significativas. Resultados: Dos principais tumores sólidos, 56% foram do sexo feminino; a faixa etária mais prevalente para ambos os sexos foi de 50 a 59 anos, de maioria proveniente da capital (67,15%). Apenas 8,03% dos pacientes foram a óbito. O câncer de colo de útero foi o mais prevalente com 19,57% e idades entre 40 a 49 anos (24,62%) as mais frequentes para este câncer. Demonstrou-se que o perfil epidemiológico se enquadrou no aguardado para uma cidade da região Norte brasileira, caracterizada por padrões populacionais de baixa renda. Conclusão: Os dados obtidos por meio deste estudo permitiram traçar o perfil epidemiológico de pessoas com câncer atendidas em uma unidade de alta complexidade em oncologia do Amapá, evidenciando disparidades características encontradas na região Norte, em detrimento das outras regiões brasileiras. Descritores: Câncer. Oncologia. Epidemiologia.
Publicado
2019-10-01
Como Citar
Loureiro, D. de C., Caetano, L. da S., Alves, R. M. S., & dos Santos, B. Érison F. (2019). [ID 41392] PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PRINCIPAIS TUMORES SÓLIDOS EM UMA UNIDADE DE ALTA COMPLEXIDADE EM ONCOLOGIA NO ESTADO DA AMAZÔNIA LEGAL. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 23(3). https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2019v23n3.41392
Seção
Pesquisa