[ID 40941] PERFIL DAS LESÕES DAS VÍTIMAS DE ACIDENTES DE MOTOCICLETAS ATENDIDAS EM HOSPITAL PÚBLICO

  • Tarciana de Paiva Coutinho Universidade Federal da Paraíba
  • Antonio Geraldo Cidrão de Carvalho Universidade Federal da Paraíba
  • Maria das Graças Rodrigues de Araújo Universidade Federal de Pernambuco
  • Camila Coêlho Oliveira Universidade Federal da Paraíba
  • Wéber Leandro dos Santos Universidade Federal da Paraíba
  • Adalberto Gomes Pereira Júnior Universidade Federal da Paraíba
  • Talita Laís Medeiros Domingos Universidade Federal da Paraíba
  • Maria de Fátima Alcântara Barros Universidade Federal da Paraíba

Resumo

Introdução: A motocicleta vem se destacando como o meio de transporte mais envolvido nos acidentes de trânsito, levando a altos índices de morbimortalidade. Objetivo: Caracterizar as vítimas e as lesões decorrentes de trauma por acidente de motocicleta atendidas em um hospital público. Metodologia: Estudo de caráter transversal do tipo descritivo com uma amostra de 53 internos por acidente de motocicleta no Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. Resultados: Constatou-se que o gênero masculino foi o mais recorrente (88,7%), assim como a faixa etária dos 15 aos 35 anos (69,8%), solteiros (52,9%), ativos (77,3%), com segundo grau completo (50,9%) e renda familiar per caput <1 salário mínimo (73,6%). As fraturas (77,4%) e as lesões de superfície externa (69,8%) foram as mais frequentes. Os índices de gravidade das lesões (ISS) mais encontrados foram do tipo leve (79,2%), seguido do moderado (15,1%) e grave (5,7%). A região do corpo mais atingida foi membros/cintura pélvica (43,4%), porém a maior média de gravidade das lesões foi na região de cabeça/pescoço (2,9±1,0). Conclusão: A redução da morbimortalidade de acidentados de motocicleta depende da adoção de medidas preventivas baseadas no perfil das vítimas. Descritores: Acidentes de trânsito. Lesões. Motociclistas.

Biografia do Autor

Tarciana de Paiva Coutinho, Universidade Federal da Paraíba
Fisioterapeuta, pesquisadora do Laboratório de Fisioterapia em Saúde Coletiva do NEPEFIS/CCS/UFPB
Antonio Geraldo Cidrão de Carvalho, Universidade Federal da Paraíba
PH.D. do Laboratório de Fisioterapia em Saúde Coletiva do NEPEFIS/CCS/UFPB
Maria das Graças Rodrigues de Araújo, Universidade Federal de Pernambuco
Dra. do Departamento de Fisioterapia da UFPE
Camila Coêlho Oliveira, Universidade Federal da Paraíba
Fisioterapeuta, pesquisadora do Laboratório de Fisioterapia em Saúde Coletiva do NEPEFIS/CCS/UFPB
Wéber Leandro dos Santos, Universidade Federal da Paraíba
Fisioterapeuta, pesquisador do Laboratório de Fisioterapia em Saúde Coletiva do NEPEFIS/CCS/UFPB
Adalberto Gomes Pereira Júnior, Universidade Federal da Paraíba
Fisioterapeuta, pesquisador do Laboratório de Fisioterapia em Saúde Coletiva do NEPEFIS/CCS/UFPB
Talita Laís Medeiros Domingos, Universidade Federal da Paraíba
Fisioterapeuta, pesquisadora do Laboratório de Fisioterapia em Saúde Coletiva do NEPEFIS/CCS/UFPB
Maria de Fátima Alcântara Barros, Universidade Federal da Paraíba
PH.D. do Laboratório de Fisioterapia em Saúde Coletiva do NEPEFIS/CCS/UFPB
Publicado
2019-10-01
Como Citar
Coutinho, T. de P., Carvalho, A. G. C. de, Araújo, M. das G. R. de, Oliveira, C. C., Santos, W. L. dos, Júnior, A. G. P., Domingos, T. L. M., & Barros, M. de F. A. (2019). [ID 40941] PERFIL DAS LESÕES DAS VÍTIMAS DE ACIDENTES DE MOTOCICLETAS ATENDIDAS EM HOSPITAL PÚBLICO. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 23(3). https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2019v23n3.40941
Seção
Pesquisa