O anticomunismo e a Política Externa Brasileira: de 1930 aos dias atuais

Autores

  • Danilo Sorato Oliveira Moreira Universidade Federal do Amapá (UNIFAP)

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2318-9452.2021v8n16.51548

Resumo

O objetivo desse artigo é analisar como o Anticomunismo é reinventado no Brasil historicamente através da Política Externa Brasileira em momentos históricos diversos como o século XX e o início do século XXI. A metodologia se utiliza de revisão bibliográfica e análise documental/discursos oficiais sobre a temática. A hipótese defendida é que o Anticomunismo na Política Externa Brasileira é reflexo das dinâmicas estruturais e conjunturais do sistema internacional, bem como dos cenários políticos-ideológicos nacionais, tanto no século anterior como no século corrente. Por fim, como argumentos finais, entende-se que o Anticomunismo na Política Externa é fenômeno recorrente na estratégia internacional brasileira, como parte das ações políticas internacionais.

Palavras-chave: Política Externa Brasileira, Reinveções, Anticomunismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-07-16 — Atualizado em 2021-07-16

Edição

Seção

Artigos