JESSÉ SOUZA E SUA CRÍTICA À “SOCIEDADE ESCRAVOCRATA” BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA

Palavras-chave: Formação Social Brasileira, Sociologia Brasileira, Operação Lava-Jato

Resumo

A elite do atraso, publicado em 2017, é um livro do sociólogo brasileiro Jessé Souza.  A obra faz parte de uma série de trabalhos publicados pelo autor sobre as mudanças nas conjunturas política e social do Brasil contemporâneo. Tem como ponto de partida e chegada o caso do golpe/impeachment da então presidenta Dilma Rousseff e os desdobramentos da Operação Lava-Jato. Amparado pelas teses sobre as relações de poder e dominação presentes na obra de Max Weber, Souza elabora sua análise no livro aqui resenhado, criticando a herança europeia extremamente presente no trabalho dos nossos intelectuais, especialmente do século XX, e os desdobramentos causados pela escravidão na formação da sociedade brasileira, especialmente das suas elites.

Biografia do Autor

Maria Clara Lima de Menezes, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Graduanda em Ciências Sociais bacharelado na Universidade Federal da Paraíba, participante do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Políticas Públicas e Trabalho.

Publicado
2020-12-11
Como Citar
MENEZES, M. C. L. DE. JESSÉ SOUZA E SUA CRÍTICA À “SOCIEDADE ESCRAVOCRATA” BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA. CAOS – Revista Eletrônica de Ciências Sociais, v. 2, n. 25, p. 207-214, 11 dez. 2020.