UM JOGO ENTRE CAPOEIRA ANGOLA E ANTROPOLOGIA TEATRAL

Autores

  • Renata de Lima Silva Universidade Federal de Goiás
  • José Luiz Cirqueira Falcão Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2177-8841.2020v11n2.56538

Resumo

A Antropologia Teatral, um campo de estudo da presença física e mental do ser humano em situação de representação, conforme definição de Eugenio Barba, analisa um conjunto de princípios que dilatam a presença. Nesse artigo, esse campo, consolidado no teatro, é explorado como possibilidade de interpretação da prática da capoeira angola, uma manifestação cultural criada por africanos e seus descendentes no Brasil. Em uma provocação lúdica, com a utilização de uma personagem ficcional, construímos um jogo analítico com o propósito de extrapolar as noções de pré-expressividade e energia para além do corpo, levando em conta elementos da cultura, especialmente, da cultura negra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-08

Como Citar

SILVA, R. de L.; FALCÃO, J. L. C. UM JOGO ENTRE CAPOEIRA ANGOLA E ANTROPOLOGIA TEATRAL. MORINGA - Artes do Espetáculo, [S. l.], v. 11, n. 2, 2020. DOI: 10.22478/ufpb.2177-8841.2020v11n2.56538. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/moringa/article/view/56538. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

Instrumentos e métodos