SABERES QUILOMBOLAS: OFICINAS E PRÁTICAS ENTRE COMUNIDADE, ESCOLA E UNIVERSIDADE EM BARRA DO TURVO (SP)

  • Igor Gabriel Rodrigues Gonçalves Universidade de São Paulo
  • Helga Kress Meirelles Universidade de São Paulo
  • Lucas Martines Universidade de São Paulo

Resumo

O presente artigo busca apresentar o processo de construção de oficinas temáticas promovidas pelo projeto “Saberes em diálogo: comunidade, escola e universidade na construção da educação quilombola em Barra do Turvo-SP”, ao longo do ano de 2019. Nesta perspectiva, discutiremos a importância formativa dessas práticas tanto para os alunos quanto para os professores, assim como suas formas de apropriação pelos membros das comunidades quilombolas. Para isso, buscaremos introduzir ao leitor o contexto histórico e territorial das comunidades quilombolas de Barra do Turvo (SP). Em seguida, mostraremos as relações e demandas que permitiram o desenvolvimento do projeto em seus territórios junto à rede municipal de ensino. Neste movimento, buscaremos ressaltar a importância da transdisciplinaridade e de um projeto de Educação Escolar Diferenciada, que, se construído de forma horizontal e coletiva junto aos alunos e membros das comunidades, pode permitir o estabelecimento de laços duradouros no ensino, além de poder possibilitar a valorização da identidade cultural dos alunos quilombolas e dos saberes de suas comunidades. Ainda, salientaremos a promoção da autonomia aos membros, a fim de que eles se apropriem e deem continuidade a um projeto de educação que esteja cada vez mais integrado aos seus saberes e territórios.
Publicado
2020-08-18
Seção
Artigos