COMPARTILHANDO SABERES: GEOGRAFIA E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS PARA A EDUCAÇÃO DO/NO CAMPO

  • Ana Melissa Morais Ribeiro Universidade Federal do Ceará
  • Myrna Lorena Lima Ramos Universidade Federal do Ceará
  • Angélica Maria da Silva Universidade Federal do Ceará

Resumo

Com base na demanda de uma escola do campo localizada num assentamento de reforma agrária e vinculada politicamente ao MST, criou-se em 2016 um componente curricular e um projeto de extensão com a temática Geografia e Práticas Pedagógicas para educação do/no campo, no curso Geografia da Universidade Federal do Ceará. A disciplina e o projeto objetivam fortalecer a educação do e no campo e estreitar a relação Universidade-campo-movimentos sociais através da extensão, com oficinas de formação continuada em escolas de ensino básico do/no campo. As atividades na disciplina são diversificadas com leituras dos textos, rodas de conversas com representantes dos movimentos sociais e pesquisadores da temática e planejamento das oficinas com aplicação durante a extensão mediante o trabalho de campo. Realizou-se atividades em diferentes territórios vinculados a movimentos sociais do campo no Ceará. Este trabalho dará enfoque à prática de 2018, realizada na Escola Joaquim Ribeiro dos Santos, localizada na Comunidade Quilombola Encantados do Bom Jardim e Lagoa das Pedras, em Tamboril - Ceará, e, especificamente à oficina Discutindo Gênero, da qual participaram as autoras. Foram utilizadas múltiplas linguagens e dinâmicas para discutir as teorias de gênero e suas questões, relacionando-as ao espaço escolar e às vivências dos sujeitos, na tentativa de compreender a reprodução de papéis de opressão e estabelecer possíveis práticas pedagógicas contra hegemônicas. Os resultados das atividades reforçam a importância da construção de uma educação dialógica. No atual cenário, é essencial a Universidade estar próxima do campo, dos movimentos populares e espaços de resistência contra hegemônica.

Biografia do Autor

Ana Melissa Morais Ribeiro, Universidade Federal do Ceará
Possui Licenciatura em Geografia pela UFC (2019). Pesquisa sobre Educação e Mercantilização do Ensino. Integra o Laboratório de Estudos Agrários, Territoriais e Educacionais (LEATE/UFC).
Myrna Lorena Lima Ramos, Universidade Federal do Ceará
Possui Licenciatura em Geografia pela UFC (2018) e atualmente é estudante de Mestrado em Geografia pela mesma instituição na linha de pesquisa Natureza, Campo e Cidade no Semiárido. Integra o Laboratório de Estudos Agrários, Territoriais e Educacionais (LEATE/UFC)
Angélica Maria da Silva, Universidade Federal do Ceará
Graduanda em Geografia na modalidade bacharelado. Vinculada Laboratório de Estudos Agrários Territoriais e Educacionais (LEATE), suas pesquisas estão vinculadas aos povos e comunidades tradicionais com ênfase nos povos ciganos.
Publicado
2020-08-18
Seção
Artigos