[ID 35390] TUBERCULOSE EM POPULAÇÃO INDÍGENA AUTODECLARADA NO ESTADO DO PARANÁ

  • Sidimara Sakser Zorzi Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Unioeste-Foz do Iguaçu, PR.
  • Regiane Bezerra Campos Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Unioeste-Foz do Iguaçu, PR.
  • Samia Regina de Quadros Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Unioeste-Foz do Iguaçu, PR.
  • Adriana Zilly Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Unioeste-Foz do Iguaçu, PR.
  • Pedro Fredemir Palha Universidade de São Paulo - USP
  • Betina Mendez Alcântara Gabardo Secretaria Estadual da Saúde do Paraná
  • Reinaldo Antonio Silva-Sobrinho Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Unioeste-Foz do Iguaçu, PR.

Resumo

Objetivo: Descrever o perfil epidemiológico e o percentual de cura da tuberculose (TB) na população indígena no Estado do Paraná. Metodologia: Trata-se de um estudo epidemiológico retrospectivo realizado a partir de 36.889 casos de tuberculose obtidos por meio do Sistema de Informação de Agravos de Notificação do Estado do Paraná, no período de 2001 a 2012. Foram selecionadas variáveis clínicas contemplando dados da população indígena notificada com tuberculose no Estado do Paraná, forma clínica da tuberculose, situação de encerramento e variáveis sociodemográficas (sexo, idade, escolaridade e zona de domicílio). Utilizou-se análise exploratória das variáveis por meio da distribuição de frequência absoluta e relativas. Resultados: Considerando a população total do estudo, 174 eram indígenas com predomínio de tuberculose na forma pulmonar (85%), apresentando coeficiente de incidência elevado principalmente no sexo masculino (58,6%), em residentes na zona rural (67,2%), sendo que, 72,4% obtiveram a cura. A faixa etária com idade entre 31-40 anos (20,1%) apresentou o maior número de casos notificados. Conclusão: A população que se declarou indígena apresentou características sociodemográficas similares à população geral com tuberculose, entretanto, evidenciou-se vulnerabilidade na população declarada indígena para incidência e cura da doença. Descritores: Tuberculose. População indígena. Epidemiologia.
Publicado
2019-03-21
Como Citar
Zorzi, S. S., Campos, R. B., Quadros, S. R. de, Zilly, A., Palha, P. F., Gabardo, B. M. A., & Silva-Sobrinho, R. A. (2019). [ID 35390] TUBERCULOSE EM POPULAÇÃO INDÍGENA AUTODECLARADA NO ESTADO DO PARANÁ. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 23(1). https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2019v23n1.35390
Seção
Pesquisa