Arte e gênero em rede: uma análise de imagens produzidas por drag queens e compartilhadas em ambientes de sociabilidade on-line

  • Marina Leitão Mesquita PPGC/UFPB

Resumo

O objetivo deste trabalho incide em analisar a vida social de uma página do Facebook, dedicada a uma boate gay. Para tanto, investigou-se a produção e compartilhamento de fotografias e cartazes criados por drag queens e por moderadores/as da página. A metodologia utilizada envolveu técnicas de etnografia virtual e antropologia visual. Como resultado constatou-se que, através dessas imagens, é possível identificar as preferências estéticas do grupo; analisar a linguagem utilizada e seus significados; observar os grupos e artistas em evidência e perceber as especificidades dos estilos de montagem. Observou-se, ainda, que as ausências em fotografias podem identificar regras, valores e prioridades do grupo pesquisado. Assim, a análise demonstra como as redes sociais podem constituir-se em importantes suportes para o convívio social de diferentes grupamentos em múltiplos espaços.

Palavras-chave: Etnografia virtual. Antropologia visual. Redes sociais e drag queens.

Publicado
2019-03-20
Seção
Artigos