Gestão documental

as informações produzidas na escola pública e na escola particular

  • Francisco Assis Bezerra Núcleo de altos Estudos Amazônicos - NAEA da universidade Federal do Pará (UFPA).
  • John Charlles Nogueira Barbosa Universidade Federal do Pará/UFPA
Palavras-chave: Registros. Arquivos. Organização. Informações.

Resumo

Com a intensificação da Globalização, a racionalização da massa documental se tornou estratégia para as instituições alcançarem eficiência nos serviços em que prestam. O artigo analisa o processo de guarda e recuperação das informações produzidas na Escola pública e Particular, tendo como parâmetro o ferramental teórico-metodológico da Gestão de Documentos. A Metodologia adotada foi o Estudo de Caso, cuja aplicação de questionário a duas gestoras permitiu comparar a prática arquivística adotada nos dois estabelecimentos visitados. As evidências mostram que as estratégias adotadas pelos Gestores das escolas para guardar e recuperar as informações documentais depende do tipo de estabelecimento que, no fundo, passa por recursos financeiros para investir neste segmento específico. Concluímos que o Gestor pode aprimorar este processo a partir do planejamento anual e que contemple procedimentos ancorados em critérios definidos para avaliar, selecionar, eliminar e controlar a massa documental, cuja organicidade arquivística das informações possa constituir um eficiente banco de dados. Estas premissas podem ser aplicadas mais na Escola Pública, onde se reproduz a precariedade de armazenamento e a ineficiência dos arquivos.

Biografia do Autor

Francisco Assis Bezerra, Núcleo de altos Estudos Amazônicos - NAEA da universidade Federal do Pará (UFPA).
Mestre em Planejamento do Desenvolvimento, cuja vertente de pesquisa é a educação mercadológica.
John Charlles Nogueira Barbosa, Universidade Federal do Pará/UFPA

Graduado em Arquivologia pela Universidade Federal do Pará/UFPA e com Especialização em Gestão Pública pela FAEL. Desenvolve atividades profissionais no Instituto de Ciências Sociais Aplicadas da UFPA na função de Arquivista.

Referências

BARROS, Thiago Henrique Bragato. A Construção Discursiva em Arquivística: Uma Análise do Percurso Histórico e Conceitual da Disciplina por meio dos Conceitos de Classificação e Descrição. 2010. 132f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista. Marília, 2010.

BRAGA, A. Gestão da informação. Revista Millenium, ano 5, n.19, p. 341-351, dez., 2000.

GIL, Antonio Carlos. Pesquisa Social. São Paulo: Contexto, 2002.

JARDIM, José Maria. O conceito e a prática de gestão de documentos. In: Acervo – Revista do Arquivo Nacional. Rio de Janeiro, v.2 n. 2 p. 1-123 jul. 1987.

MEDEIROS, Nilcéia Lage de; AMARAL, Cléia Márcia Gomes do. A Representação do ciclo vital dos documentos: uma discussão sob a ótica da gestão de documentos. Rev. Em Questão, Porto Alegre, v. 16, n. 2, p. 297-310, dez. 2004.

NEGREIROS, L. R. Sistemas eletrônicos de gerenciamento de documentos arquivísticos: um questionário para seleção, aplicação e avaliação. 2007. 248 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2007.

OLIVEIRA, M. M. Como fazer pesquisa qualitativa. Petrópolis, Vozes, 2007.

REYES, Victor C. Cruz. A pesquisa científica e os arquivos: problemas de conservação em Honduras. In: Acervo – Revista do Arquivo Nacional. Rio de Janeiro, v.2 n. 2 p. 1-123 jul. 1987.

RODRIGUES, Ana Márcia L. A teoria dos arquivos e a gestão de documentos. Perspect. ciênc. inf., Belo Horizonte, v.11 n.1, p. 102-117, jan./abr. 2006.

RONCAGLIO, Cynthia; SZVARÇA, Décio Roberto; BOJANOSKI, Silvana de Fátima. Arquivos, gestão de documentos e informação. Enc. BIBLI: R. Eletr. Bibl. Ci. Inf., Florianópolis, n. esp., 2º sem. 2004.

SAMPIERI, Roberto Hernández; COLLADO, Carlos Fernández; e LÚCIO, Pilar Baptista. Metodologia de Pesquisa. 3 ed. São Paulo: Mc-Graw-Hill, 2006.

SILVA, Claudecir Almeida da; RIEDLINGER, Marcia Aparecida; CALDERON, Wilmara R. A Gestão da Documentação Escolar: o caso do Colégio Marcelino Champagnat. Londrina: LTR, 2010.

SILVA, Andrieli Pachú da. Aspectos éticos em organização da informação: um estudo em códigos de ética do profissional arquivista. 2016. 72 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Estadual Paulista da Faculdade de Filosofia e Ciências. Marília, 2016.

TANUS Gabrielle Francinne de S.C; RENAU, Leonardo Vasconcelos; ARAÚJO, Carlos Alberto Ávila. O Conceito de Documento em Arquivologia. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, v. 8, n. 2, p. 158-174, dez. 2012.

Publicado
2020-07-15
Como Citar
BEZERRA, F. A.; JOHN CHARLLES NOGUEIRA BARBOSA. Gestão documental. Archeion Online, v. 7, n. 2, p. 112-129, 15 jul. 2020.
Seção
Relatos de Pesquisa