Aspectos éticos na prática arquivística

  • Andressa Alves Gomes Universidade Estadual de Londrina
  • Juliana Cardoso dos Santos Universidade Estadual de Londrina
  • Emerson Willian Paiva Prado Universidade Estadual de Londrina
  • Natália Marinho do Nascimento Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: Aspectos Éticos. Ética. Código de Ética. Prática Arquivística. Lei de Acesso à Informação. Arquivista.

Resumo

Todas as áreas profissionais devem seguir Códigos de Ética para nortear suas práticas e na Arquivologia não é diferente. Os arquivistas possuem competências, habilidades e necessidades profissionais que se modificam constantemente. Por isso, diante de novos cenários de atuação, por exemplo, os ambientes digitais, novos aspectos éticos, também, precisam ser levados em consideração. Nesse sentido, para este trabalho optou-se em estudar os Códigos de Ética da Society of American Archivists e do International Council on Archives. Dessa maneira, o objetivo deste artigo é verificar como os Códigos de Ética da Society of American Archivists e do International Council on Archives, regulam o fazer do arquivista e se atendem os aspectos da Lei de Acesso à Informação nº 12.527. Quanto aos procedimentos metodológicos configura-se em uma pesquisa documental de natureza qualitativa e comparativa do tipo descritiva-exploratória. Como resultado percebeu-se que há uma semelhança entre os Códigos de Ética estudados e que ambos atendem os aspectos da Lei de Acesso à Informação. Considera-se que a Lei auxilia o arquivista no cumprimento dos aspectos éticos e que os profissionais precisam refletir e discutir sobre os Códigos de Ética diante de novos cenários para a área.

Biografia do Autor

Andressa Alves Gomes, Universidade Estadual de Londrina

Graduanda em Arquivologia

Juliana Cardoso dos Santos, Universidade Estadual de Londrina

Professora do Departamento de Ciência da Informação da UEL
Doutora em Ciência da Informação pela UNESP/FFC, Marília
Bibliotecária - CRB 001655/0/PR

http://lattes.cnpq.br/1590284754731945

Emerson Willian Paiva Prado, Universidade Estadual de Londrina

Graduando em Arquivologia

Natália Marinho do Nascimento, Universidade Estadual de Londrina

Professora do Departamento de Ciência da Informação da UEL
Doutora em Ciência da Informação pela UNESP/FFC, Marília
Arquivista

Referências

ASSOCIAÇÃO DOS ARQUIVISTAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Código de Ética. Disponível em: https://www.aargs.com.br/codigo-de-etica/. Acesso em: 01 maio 2020.

BRASIL. Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011. Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. 5º, no inciso II do § 3º do art. 37 e no § 2º do art. 216 da Constituição Federal; altera a Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990; revoga a Lei nº 11.111, de 5 de maio de 2005, e dispositivos da Lei nº 8.159, de 8 de janeiro de 1991; e dá outras providências. Brasília, DF: Presidência da República, 2011. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12527.htm. Acesso em: 9 abr. 2020.

BRASIL. Lei nº 6.546, de 4 de julho de 1978. Dispõe sobre a regulamentação das profissões de Arquivista e de Técnico de Arquivo, e dá outras providências. Brasília, DF: Presidência da República, 1978. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/1970-1979/L6546.htm. Acesso em: 9 abr. 2020.

BRASIL. Lei de Acesso à Informação. 2012. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12527.htm. Acesso em: 12 abr. 2020.

CLEVELAND, D.; CLEVELAND, A. Introduction to Indexing and abstracting. 4. ed. Santa Bárbara: ABC-CLIO, 2013.

CORTINA, A.; MARTINEZ, E. Ética. São Paulo: Loyola, 2005.

DALESSANDRO, R. C. A Questão ética no ensino de Organização do Conhecimento: uma análise de currículos de cursos de graduação em Arquivologia e Biblioteconomia no Brasil. 2018. 60f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista – UNESP, Marília, 2018.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas,

GUIMARÃES, J. A. C. Aspectos éticos em organização e representação do conhecimento (O.R.C). In: MEMÓRIA, informação e organização do conhecimento: seminário cruzando fronteiras da identidade. Rio de Janeiro: UNIRIO, 2005.

GUIMARÃES, J. A. C.; PINHO, F. A.; MILANI, S. O.; FERNÁNDEZ-MOLINA, J. C. Ética nas atividades informativas: aspectos teóricos. PontodeAcesso, Salvador, v.2, n.1, p. 137-152, jun./jul. 2008. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/2670/1886. Acesso em: 30 jun. 2020.

INTERNATIONAL COUNCIL ON ARCHIVES - ICA. Disponível em: https://www.ica.org/sites/default/files/I. Acesso em: 01 maio 2020.

INTERNATIONAL COUNCIL ON ARCHIVES - ICA. Código de ética. 1996. Disponível em: https://www.ica.org/sites/default/files/ICA_1996-09-06_code%20of%20ethics_PT.pdf. Acesso em: 01 maio 2020.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Metodologia do trabalho científico. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

NASH, L. L. Ética nas empresas: boas intenções à parte. São Paulo: Makron Books, 1993.

OLIVEIRA, M. M. Como fazer pesquisa qualitativa. Petrópolis: Vozes. 2007.

REGO, L. M.; SILVA, A. P.; MARTÍNEZ-ÁVILA, D.; TOGNOLI, N. B. Aspectos éticos de la organización del conocimiento en la práctica profesional archivística: un estudio de los principios éticos de AAB, CIA e SAA. Scire: representación y organización del conocimiento. v. 20, n. 2, p. 37-42, jul./dez. 2014. ISSN 1135-3716. Disponível em: https://www.ibersid.eu/ojs/index.php/scire/article/view/4149. Acesso em: 23 abr. 2020.

SILVA, A. C. B. M.; GARCIA, J. C. R. Responsabilidade ética e social do arquivista e a Lei de Acesso à Informação. Ágora, Florianópolis, v. 27, n. 55, p. 539-565, jul./dez. 2017. ISSN 0103-3557. Disponível em: https://agora.emnuvens.com.br/ra/article/view/672/pdf_1. Acesso em: 13 fev. 2020.

SILVA, A. C. B. M.; GARCIA, J. C. R. Lei de Acesso à Informação: a conduta ética e social sob o olhar das atribuições profissionais do arquivista. Archeion Online, João Pessoa, v. 4, n. 2, p. 03-24, jul./dez. 2016. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/index.php/res/download/49078. Acesso em: 19 fev. 2020.

SILVA, F. C. L. Ética: conduta ideal e conduta real. 2010. Disponível em: https://www.direitonet.com.br/artigos/exibir/5754/Etica-conduta-ideal-e-conduta-real. Acesso em: 14 jan. 2020.

SINGER, P. Vida ética: Os melhores ensaios do mais polêmico filósofo da atualidade. Rio de Janeiro. Ediouro, 2002.

SOCIETY OF AMERICAN ARCHIVISTS. Core Values Statement and Code of Ethics. 2012. Disponível em: https://www2.archivists.org/statements/saa-core-values-statement-and-code-of-ethics. Acesso em: 01 maio 2020.

VALENTIM, M. L. P. Ética profissional na área de ciência da informação. In: VALENTIM, M. L. P. (org.). Atuação profissional na área de informação. São Paulo: Polis, 2004. p. 55-70.

Publicado
2020-06-30
Como Citar
GOMES, A. A. G.; SANTOS, J. C. DOS S.; PRADO, E. W. P. P.; NASCIMENTO, N. M. DO N. Aspectos éticos na prática arquivística. Archeion Online, v. 7, n. 2, p. 62-84, 30 jun. 2020.
Seção
Artigos de Revisão