ANÁLISE DO ENSINO DE HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA NO ENSINO MÉDIO.

  • Bruna Maria Cristina Silva Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" Campus de Marília

Resumo

A presente pesquisa pretende discutir o conteúdo de História e Cultura Afro-Brasileira nos materiais do Programa São Paulo Faz Escola, analisando o caderno do aluno e do professor, os livros didáticos utilizados e também o currículo oficial de História do Estado de São Paulo para o Ensino Médio. A motivação para nosso trabalho advém da Lei nº 10639, de 09 de janeiro de 2003, que alterou a Lei nº 9.394/96, tornando obrigatório o ensino de História e Cultura Afro-Brasileira nos estabelecimentos de ensino fundamental e médio. A partir desta lei, pretendemos verificar de que forma os materiais do Programa São Paulo Faz Escola e os livros didáticos utilizados nas escolas trabalham com a temática. Pretendemos também verificar de que forma esse conteúdo é contemplado no currículo oficial paulista. Além do que determina a lei, acreditamos que o ensino de História e Cultura Afro-Brasileira é muito importante não só como um conteúdo escolar, mas principalmente como instrumento de transformação cultural, que poderá fazer com que os estudantes, de forma geral, assimilem a importância de respeitar e valorizar as diversidades culturais, étnicas e raciais existentes em nosso país e também possam perceber a presença delas em nossa história e em nosso cotidiano. A análise dos materiais ainda não está completa, pois a pesquisa teve inicio em março de 2012, dentro do Programa de Pós-Graduação em Educação da Unesp de Marília-SP.

Biografia do Autor

Bruna Maria Cristina Silva, Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" Campus de Marília
Bolsista Capes de Mestrado no Programa de Pós-Graduação em Educação, Políticas Educacionais, Gestão de Sistemas e Organizações Educacionais
Publicado
2013-03-01
Seção
Educação, Ações Afirmativas e Relações Etnicorraciais