PROJETO CATÁLOGO GERAL DOS MANUSCRITOS AVULSOS E EM CÓDICES REFERENTES À HISTÓRIA INDÍGENA E ESCRAVIDÃO NEGRA NO BRASIL: NOVOS OLHARES SOBRE A DIÁSPORA E ESCRAVIDÃO NO BRASIL COLÔNIA

  • Harriet Karolina Santos Universidade Federal de Campina Grande
  • Eulina Souto Dias
  • Josinaldo Sousa de Queiroz
  • Nita Keoma Lustosa de Sousa

Resumo

Na década de 1980 inicia-se um processo de valorização das temáticas culturais, que darão vez e voz aos sujeitos dantes silenciados por uma história dita política e econômica, que se referiam aos homens e mulheres negras enquanto indivíduos passivos perante do Projeto Colonial de base escravista do Antigo regime Português. Destarte, é sensato refletir sobre a afirmativa de Silvia Hunold Lara em Campos da Violência, que assevera que nem só de “pedagogização do castigo” se davam as relações entre senhores e escravos, mas também havia relações de afeto e de negociação. Ajuizando no que já fora escrito no campo da história da Escravidão Negra no Brasil, o trabalho que hora apresentamos é o resultado parcial do Projeto Catálogo Geral de Documentos de História Indígena e Escravidão Negra no Brasil, com enfoque na última temática. Não obstante, os principais objetivos deste projeto, financiado pelo Edital da Petrobrás Cultural, é o de catalogar e publicar duas coleções temáticas em formato impresso e DVD sobre a história indígena e escravidão negra. Os resultados proporcionarão acessibilidade das fontes documentais sobre as citadas temáticas e seus produtos distribuídos em todos os estados brasileiros. Através da arrolação primária da documentação referente à Escravidão Negra, já é possível visualizar novas rotas comerciais do tráfico de escravos africanos, os principais núcleos de venda e distribuição de homens e mulheres africanas na América Portuguesa, suas vivencias, religiosidades, relações de gênero e liberdades. Diante do exposto, verifica-se que a documentação selecionada, para compor a coleção de documentos sobre escravidão negra no Brasil, trará novos aportes temáticos sobre o assunto, dando suporte a futuros projetos de conclusão de curso e projetos de pós-graduação de mestrado e doutorado enriquecendo, ainda mais, a historiografia da escravidão negra no Brasil e, notadamente, as histórias cultural, social, econômica e política dos homens e mulheres negras seja os de origem africanos ou os nascidos na América Portuguesa.

Biografia do Autor

Harriet Karolina Santos, Universidade Federal de Campina Grande
História - PPGH - UFCG Pesquisadora na área de gênero e pesquisa documental
Publicado
2013-03-01
Seção
Iniciação Científica