Encontrabilidade da Informação: Atributos e Recomendações para Ambientes Informacionais Digitais

  • Fernando Luiz Vechiato Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
  • Silvana Aparecida Borsetti Gregorio Vidotti Universidade Estadual Paulista (UNESP - Campus de Marília)

Resumo

Em um primeiro momento, apresenta as bases epistemológicas e teóricas que sustentam a inserção de um conceito operatório para a encontrabilidade da informação no campo da Ciência da Informação. Em um segundo momento, define os principais atributos e recomendações para a encontrabilidade da informação, com vistas à sua compreensão sob uma perspectiva prática, a partir do respaldo epistemológico e teórico apresentado. Por meio de um estudo teórico, exploratório, bibliográfico e documental, os resultados revelam que epistemologicamente a encontrabilidade da informação se insere na Ciência da Informação no paradigma pós-custodial, que privilegia o acesso à informação e é significativamente influenciado pelas Tecnologias de Informação e Comunicação. As concepções teóricas desse conceito se concentram na evolução da Web e na perspectiva das dimensões da linguagem, em que se verifica a pragmática como tendência, visto que alia o desenvolvimento tecnológico às ações praticadas por sujeitos informacionais e institucionais em ambientes informacionais digitais. Tendo em vista que essas ações podem viabilizar a encontrabilidade da informação, esses sujeitos são entendidos como mediadores. Portanto, o conceito de mediação infocomunicacional é base para a encontrabilidade da informação. Para sua aplicação em ambientes informacionais digitais, foram definidos atributos e recomendações que devem ser considerados no contexto da Arquitetura da Informação. Os atributos caracterizam o conceito e as recomendações sinalizam ações práticas para o projeto e para a avaliação da encontrabilidade da informação. As concepções epistemológicas, teóricas e práticas abordadas alicerçam o referido conceito operatório na Ciência da Informação, e deve ser mais explorado neste campo científico.

Biografia do Autor

Fernando Luiz Vechiato, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
Professor Adjunto do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Mestre e Doutor em Ciência da Informação. Bacharel em Biblioteconomia.
Silvana Aparecida Borsetti Gregorio Vidotti, Universidade Estadual Paulista (UNESP - Campus de Marília)
Professora Assistente-Doutora em Regime de Dedicação Integral à Docência e à Pesquisa da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - FFC - Campus de Marília, Departamento de Ciência da Informação. Docente dos cursos de graduação em Arquivologia e Biblioteconomia e dos cursos de mestrado acadêmico e doutorado em Ciência da Informação da Unesp. Assessora da Pró-Reitoria de Pós-Graduação da Unesp (PROPG - início: 2013).

Referências

ANDRADE, I. A. de. As dimensões semântica e pragmática da web e dos mecanismos de busca no ciberespaço. 2012. 127 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão da Informação) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2012. Disponível em: <http://www.bibliotecadigital.uel.br/document/?code=vtls000181112>. Acesso em: 15 maio 2013.

ANDRADE, I. A. de.; MONTEIRO, S. D. Diretrizes para busca de informação no ciberespaço. Informação@profissões, Londrina, v. 1, n. 1/2, p. 187-203, jul./dez. 2012. Disponível em: <http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/infoprof/article/viewFile/14595/12263>. Acesso em: 21 ago. 2013.

AQUINO, I. J.; CARLAN, E.; BRASCHER, M. B. Princípios classificatórios para a construção de taxonomias. Pontodeacesso, Salvador, v. 3, n. 3, p. 196-215, dez. 2009. Disponível em: <http://www.portalseer.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/3626/2744>. Acesso em: 15 jul. 2013.

ASSIS, J. de; MOURA, M. A. Folksonomia: a linguagem das tags. Encontros bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, v. 18, n. 36, p. 85-106, jan./abr. 2013. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2013v18n36p85/24523>. Acesso em: 10 ago. 2013.

BATLEY, S. Information architecture for information professionals. Oxford: Chandos Publishing, 2007.

DELEUZE, G. A dobra: Leibniz e o barroco. Campinas: Papirus, 1991.

FARIA, M. M. de. Card sorting: noções sobre a técnica para teste e desenvolvimento de categorizações e vocabulários. Revista digital de biblioteconomia e ciência da informação, Campinas, v. 7, n. 2, p. 1-9, jan./jun. 2010. Disponível em: <http://www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/index.php/rbci/article/view/436/297>. Acesso em: 15 jul. 2013.

FUMERO, A. M. Contexto sociotécnico. In: FUMERO, A.; ROCA, G. Redes Web 2.0. Fundación Orange, 2007. p. 8-64. Disponível em: <http://www.fundacionorange.es/areas/25_publicaciones/WEB_DEF_COMPLETO.pdf>. Acesso em: 12 fev. 2011.

JORENTE, M. J. V. Ciência da informação: mídias e convergência de linguagens na web. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2012.

KOO, L. C. Web 3.0: impacto na sociedade de serviços: uma análise da comunicação contemporânea. 2011. 228 f. Tese (Doutorado em Comunicação e Semiótica) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: <http://www.sapientia.pucsp.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=13429>. Acesso em: 10 mar. 2013.

LANDSHOFF, R. Findability: elementos essenciais para as formas de encontro da informação em bibliotecas digitais. 2011. 127 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologias da Inteligência e Design Digital) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: <http://www.sapientia.pucsp.br//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=13775>. Acesso em: 15 maio 2013.

LYNCH, P. J.; HORTON, S. Web style guide: basic design principles for creating web sites. 3. ed. 2009. Disponível em: <http://webstyleguide.com/wsg3/>. Acesso em: 24 maio 2013.

MALHEIRO, A.; RIBEIRO, F. Paradigmas, serviços e mediações em Ciência da Informação. Recife: Néctar, 2011.

MARCOS, M. Information architecture & findability: Peter Morville interview. El profesional de la información, v. 16, n. 3, p. 268-269, maio/jun. 2007. Disponível em: <http://www.elprofesionaldelainformacion.com/contenidos/2007/mayo/12.pdf>. Acesso em 04 jun. 2014.

MARTINS, A. A. L. Mediação: reflexões no campo da ciência da informação. 2010. 253 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2010. Disponível em: <http://www.tdf-biblio.ufv.br/bitstream/handle/1843/ECID-88MHR9/dissertacao_ana_amelia.pdf?sequence=1>. Acesso em: 20 abr. 2013.

MIRANDA, M. K. F. de O. O acesso à informação no paradigma pós-custodial: da aplicação da intencionalidade para findability. 2010. 353 f. Tese (Doutorado em Informação e Comunicação em Plataformas Digitais) – Faculdade de Letras, Universidade do Porto, Porto, 2010. Disponível em: <http://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/50422/2/tesedoutmajorymiranda000112543.pdf>. Acesso em: 15 mar. 2013.

MONTEIRO, S. D. A dobra semiótica e os agenciamentos maquínicos: por uma ontologia das tecnologias de informação e comunicação. In: CERVANTES, B. M. N. (Org.). Horizontes da organização da informação e do conhecimento. Londrina: EDUEL, 2012. p. 63-96.

MONTEIRO, S. D. O ciberespaço: o termo, a definição e o conceito. Datagramazero, v. 8, n. 3, p. 1-29, jun. 2007. Disponível em: <http://www.dgz.org.br/jun07/Art_03.htm>. Acesso em: 30 jun. 2011.

MONTEIRO, S. D.; ABREU, J. G. de. O pós-moderno e a organização do conhecimento no ciberespaço: agenciamentos maquínicos. Datagramazero, v. 10, n. 6, p. 1-9, dez. 2009. Disponível em: <http://www.dgz.org.br/dez09/Art_05.htm>. Acesso em: 30 jun. 2011.

MORVILLE, P. Ambient findability. Sebastopol: O’Really, 2005a.

MORVILLE, P. Libraries at the crossroads of ubiquitous computing and the internet. Online, v. 29, n. 6, nov./dez 2005b. Disponível em: <http://www.infotoday.com/online/nov05/morville.shtml>. Acesso em: 04 jun. 2014

MORVILLE, P.; CALLENDER, J. Search patterns: design for discovery. Canadá: O´Reilly, 2010.

MORVILLE, P.; ROSENFELD, L. Information architecture for the world wide web. 3. ed. Sebastopol: O’Really, 2006.

MORVILLE, P.; SULLENGER, P. Ambient findability: libraries, serials, and the internet of things. The serials librarian, v. 58, n. 1-4, p. 33-38, 2010.

OLIVEIRA, F. I. da S. Affordances: a relação entre agente e ambiente. 2005. 99 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2005. Disponível em: <http://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/bma/33004110041P1/2005/oliveira_fis_me_ma.pdf>. Acesso em: 02 nov. 2013.

RESMINI, A.; ROSATI, L. Pervasive information architecture: designing cross-channel user experiences. Burlington: Elsevier, 2011.

SÁEZ VACAS, F. Contextualización sociotécnica de la web 2.0: vida y sociedad en el nuevo entorno tecnossocial. In: FUMERO, A.; ROCA, G. Redes Web 2.0. Fundación Orange, 2007. p. 96-122. Disponível em: <http://www.fundacionorange.es/areas/25_publicaciones/WEB_DEF_COMPLETO.pdf.>. Acesso em: 12 fev. 2011.

SANTAELLA, L. A tecnocultura atual e suas tendências futuras. Signo y pensamiento, v. 30, p. 30-43, jan./jun. 2012. Disponível em: <http://revistas.javeriana.edu.co/index.php/signoypensamiento/article/view/2408/1692>. Acesso em: 22 maio 2013.

SANTOS, P. L. A. da C.; VIDOTTI, S. A. B. G. Perspectivismo e tecnologias de informação e comunicação: acréscimos à Ciência da Informação? Datagramazero, v. 10, n. 3, p. 1-10, jun. 2009. Disponível em: <http://dgz.org.br/jun09/Art_02.htm>. Acesso em: 08 jul. 2012.

SILVA, A. M. da. RIBEIRO, F. Das <> documentais à Ciência da Informação: ensaio epistemológico para um novo modelo curricular. Porto: Ed. Afrontamento, 2002.

SILVA, A. M. da. RIBEIRO, F. Recursos de informação: serviços e utilizadores. Lisboa: Universidade Aberta, 2010.

SPAGNOLO, L.; BOLCHINI, D.; PAOLINI, P.; DI BLAS, N. Beyond findability: search-enhanced information architecture for content-intensive Rich Internet Applications. Journal of information architecture, v. 2, n. 1, p. 19-36, 2010. Disponível em: <http://journalofia.org/volume2/issue1/03-spagnolo/>. Acesso em: 12 jun. 2013.

VECHIATO, F. L. Encontrabilidade da informação: contributo para uma conceituação no campo da ciência da informação. 2013. 206 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2013. Disponível em: <http://www.marilia.unesp.br/Home/Pos-Graduacao/CienciadaInformacao/Dissertacoes/Tese_de_Doutorado_-_Fernando_Luiz_Vechiato.pdf>. Acesso em: 15 jan. 2014.

VECHIATO, F. L.; VIDOTTI, S. A. B. G. Recomendações de usabilidade e de acessibilidade em projetos de ambientes informacionais digitais para idosos. Tendências da pesquisa brasileira em ciência da informação, v. 5, n. 1, p. 1-23, 2012. Disponível em: <http://inseer.ibict.br/ancib/index.php/tpbci/article/view/87/132>. Acesso em: 06 ago. 2013.

VECHIATO, F. L.; VIDOTTI, S. A. B. G. Subsídios teórico-metodológicos para a construção de ambientes informacionais digitais. In: BORGES, M. M.; CASADO, E. S. (Orgs.). A ciência da informação criadora de conhecimento. v. 2. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2009. p. 287-299. Disponível em: <http://www.eventos-iuc.com/ocs/public/conferences/1/schedConfs/1/actas_EDIBCIC2009_2.pdf>. Acesso em: 15 jan. 2012.

Publicado
2014-12-31
Seção
ARTIGOS DE PESQUISA