Padrões de metadados para representação e organização da informação em repositórios de dados de pesquisa

  • Fernanda Alves Sanchez Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Faculdade de Filosofia e Ciências, campus de Marília.
  • Nathália Britto Pinheiro da Silva Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Faculdade de Filosofia e Ciências, campus de Marília.
  • Fernando Luiz Vechiato Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e Universidade Estadual Paulista (UNESP - Campus de Marília).

Resumo

Os padrões de metadados possibilitam que os dados de pesquisas possam ser descritos, obtendo informações de sua proveniência. Objetivou-se identificar os padrões de metadados mais utilizados mundialmente para a representação de dados de pesquisa. A pesquisa documental e exploratória de abordagem qualitativa, utilizou como instrumento metodológico o diretório Registry of Research Data Repositories - Re3data, selecionando os três padrões de metadados mais utilizados pelos repositórios de dados de pesquisa, sendo eles: Dublin Core (DC), Data Documentation Initiative (DDI) e ISO 19115 - Geografic information - Metadada., Data. O diretório contribuiu ainda para uma escolha de três repositórios que fazem uso dos padrões de metadados. Verificou-se que os padrões de metadados representam seus dados e as informações, de modo que auxiliam na veracidade das informações sobre um determinado dado de pesquisa representado, bem como permite uma descrição, assim tornando-se no formato de dados e informações armazenadas nos repositórios de dados de pesquisa que potencializam a uso, reuso e compartilhamento.

Biografia do Autor

Fernanda Alves Sanchez, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Faculdade de Filosofia e Ciências, campus de Marília.
Arquivista formada pela UNESP - Marília. Mestranda em Ciência da Informação pela UNESP - Marília.
Nathália Britto Pinheiro da Silva, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Faculdade de Filosofia e Ciências, campus de Marília.
Bibliotecária, formada pela UNESP - Marília. Mestranda em Ciência da Informação pela UNESP - Marília.
Fernando Luiz Vechiato, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e Universidade Estadual Paulista (UNESP - Campus de Marília).
Prof. Dr. no Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e Professor Colaborador do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista (UNESP - Campus de Marília)

Referências

ALVES, R. C. V. Metadados como elementos do processo de catalogação. 2010. 132 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências, 2010. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/103361>. Acesso em: 28 nov. 2017.

BAPTISTA, A. A. A falar nos entendemos: a interoperabilidade entre repositórios digitais. Repositórios institucionais: democratizando o acesso ao conhecimento. Salvador: EDUFBA, p. 71-90, 2010. Disponível em:

<http://bit.ly/2jO5wEE>. Acesso em: 29 nov. 2017.

CASTRO, F. F.; SANTOS, P. L. V. A. C. Elementos de interoperabilidade na perspectiva da catalogação descritiva. Informação & Sociedade. João Pessoa, v. 24, n. 3, p. 13-25, set/dez. 2014. Disponível em: <http://www.ies.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/16660> Acesso em: 27 nov. 2017.

CHOYKE, S; FERGUSON, P. L. COREXIT 9500 biodegradation in seawater, experimental data: Characterizing the Composition and Biogeochemical Behavior of Dispersants and Their Transformation Products in Gulf of Mexico Coastal Ecosystems. 2017. DOI: 10.7266/N7DJ5D2D. Disponível em: <https://data.gulfresearchinitiative.org/data/R2.x218.000:0004#metadataMaintenanc>. Acesso em: 28 nov. 2017.

INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARDIZATION. 19115: 2003: Geographic information -- Metadata. [s.i]: ISO, 2003. Disponível em:<https://www.iso.org/standard/26020.html.>. Acesso em 28 out. 2017.

INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARDIZATION. 19115: 2014: Geographic information -- Metadata. [s.i]: ISO, 2014. Disponível em:<https://www.iso.org/standard/53798.html>. Acesso em 28 out. 2017.

GILLILAND, A. J. Setting the Stage. In: BACA, Murtha (Ed.). Introduction to Metadata. 3. ed. Los Angels: Getty Research Institute, 2016. Cap. 5. p. 8-25. Disponível em: <http://www.getty.edu/publications/intrometadata/setting-the-stage/>. Acesso em: 27 nov. 2017

KIM, Y; ZHANG, P. Understanding data sharing behaviors of STEM researchers: The roles of attitudes, norms, and data repositories. Library & Information Science Research, v. 37, n. 3, p. 189-200, 2015. Disponível em: <http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0740818815000584>. Acesso em: 23 out. 2017.

MONTEIRO, E. C S A; SANT’ANA, R. C. G. Repositórios de Dados Científicos nas Universidades Brasileiras e Portuguesas. In: SEMINÁRIO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 6., 2016, Londrina. Anais... Londrina: UEL. ISBN: 978-85-7846-383-0. 2016. p.166-174. Disponível em: <http://www.uel.br/eventos/cinf/index.php/secin2016/secin2016/paper/viewFile/338/166>. Acesso em: 27 nov. 2017.

RILEY, J. UNDERSTANDING METADATA WHAT IS METADATA, AND WHAT IS IT FOR? Baltimore: National Information Standards Organization (niso), 2017. 45 p. Disponível em: <http://www.niso.org/apps/group_public/download.php/17446/Understanding Metadata.pdf>. Acesso em: 26 out. 2017.

SANKOH, O. A. et al. INDEPTH Network Cause-Specific Mortality - Release 2014. 2014. Dados de pesquisa. Disponível em: <http://www.indepth-ishare.org/index.php/catalog/48/study-description>. Acesso em: 28 nov. 2017.

SAYÃO, L. F; SALES, L. F. Guia de Gestão de Dados de Pesquisa para Bibliotecários e Pesquisadores. Rio de Janeiro: CNEN/IEN, 2015. Disponível em: <http://www.cnen.gov.br/images/CIN/PDFs/GUIA_DE_DADOS_DE_PESQUISA.pdf>. Acesso em: 23 out. 2017.

SILVA, R. E. As tecnologias da Web Semântica no domínio bibliográfico. 2013. 134 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília, 2013. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/93653>. Acesso em 20 set 2016

TANGUY, M.; PRUDHOMME, C.; SMITH, K.; HANNAFORD, J. (2017). Historic Gridded Potential Evapotranspiration (PET) based on temperature-based equation McGuinness-Bordne calibrated for the UK (1891-2015). NERC Environmental Information Data Centre. https://doi.org/10.5285/17b9c4f7-1c30-4b6f-b2fe-f7780159939c. Disponível em: <https://catalogue.ceh.ac.uk/documents/17b9c4f7-1c30-4b6f-b2fe-f7780159939c>. Acesso em: 28 nov. 2017.

VIDOTTI, S. A. B. G et al. REPOSITÓRIO DE DADOS DE PESQUISA PARA GRUPO DE PESQUISA: um projeto piloto. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 18., 2017, Marília - SP. Anais... Marília - SP: PPGCI, UNESP. Disponível em: <http://enancib.marilia.unesp.br/index.php/xviiienancib/ENANCIB/paper/view/388>.Acesso em: 23 out. 2017.

WOODLEY, M.S. Metadata Matters: Connecting People and Information.” Revised by Murtha Baca. In: BACA, M. (Ed.). Introduction to Metadata. 3. ed. Los Angels: Getty Research Institute, 2016. Cap. 7. p.38 - 53. Disponível em: http://www.getty.edu/publications/intrometadata/metadata-matters/. Acesso em: 27 nov. 2017

ZENG, M. L; QIN, J. Metadata. New York: Neal-schuman Publishers, 2008. 365 p.

Publicado
2019-02-10