De paul otlet à Web Semântica: aportes teóricos sobre a organização do conhecimento

Resumo

Este trabalho consiste numa abordagem de caráter qualitativo, de natureza básica, e analisa a área interdisciplinar da organização do conhecimento com base no levantamento bibliográfico. Neste contexto, revisita alguns aportes teóricos desde os sistemas de classificação bibliográfica, passando pelo Tratado de Documentação de Paul Otlet e pela computação interativa de Engelbart até a Web Semântica. Ao mesmo tempo em que traça um olhar a respeito da semântica nos ambientes de produção, difusão e apropriação da informação, também questiona os modelos evidenciados na Ciência da Informação que constituem a base para a compreensão das questões inerentes à semântica na informação, enquanto parte do objeto de estudo do campo. Conclui que a Ciência da Informação desenvolveu-se a partir da natureza prática, e a ausência de modelos teóricos consolidados na área dificulta a percepção dos alcances da Web Semântica para o objeto “informação”, a partir do contexto interdisciplinar. A semântica está ligada à linguagem, à complexidade da comunicação humana e precede a sintaxe. Por isso, independentemente do tipo da semântica tratada na Web, a sua contribuição está na organização do conhecimento, pois qualquer esquema de organização depende da estrutura cognitiva que permite a sua criação e compreensão. Indubitavelmente, este enfoque vai contribuir nas discussões sobre a organização do conhecimento dentro da Ciência da Informação, resgatando a figura de Otlet que, às vezes, é ignorada na literatura. De igual modo, vai subsidiar os fundamentos sobre a Web Semântica a partir de um olhar específico da Ciência da Informação.

Biografia do Autor

Januário Albino Nhacuongue, Universidade Federal de São Carlos
Professor do Departamento da Ciência da Informação - UFSCar
Moisés Lima Dutra, Universidade Federal de Santa Catarina
Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação - PPGCIN/UFSC

Referências

BARBOSA, A. P. Teoria e prática dos sistemas de classificação bibliográfica. Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Bibliografia e Documentação, 1969.

BARRETO, A. A. Uma quase história da ciência da informação. Datagramazero - Revista de Ciência da Informação, v. 9, n. 2, 2008.

Disponível em: <http://www.dgz.org.br/abr08/Art_01.htm>. Acesso em: 17 abr. 2013

BERNERS-LEE, T.; HENDLER, J.; LASSILA, O. The semantic web: A new of web content that is meaningful to computers will unleash a revolution of new possibilities. Scientific American, p. 35-43, 2001.

BERNERS-LEE, T. The World Wide Web: past, present and future. Computer Magazine, v. 29, n. 10, 1996. Disponível em: <https://www.computer.org/csdl/mags/co/1996/10/rx069-abs.html >. Acesso em: 2 set. 2014.

CHU, H. Information representation and retrieval in the digital age. 3ª Tiragem, New Jersey: Asist&T, 2007.

CINTRA, A. M. M. et al. Para entender as linguagens documentárias. 2.ed. São Paulo: Polis, 2002.

ENGELBART, D. C. Improving our ability to improve: a call for investment in a new future. Simpósio Co-evolution da IBM, Set. 2003. Disponível em: <http://www.almaden.ibm.com/coevolution/pdf/engelbart_paper.pdf>. Acesso em: 04 mai. 2013.

FERNEDA, E. Redes neurais e sua aplicação em sistemas de recuperação de informação. Ciência da Informação, v. 35, n. 1, p. 25-30, 2006. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ci/v35n1/v35n1a03.pdf>. Acesso em: 27 jun. 2016.

FONTOURA, M. C. A documentação de Paul Otlet: uma proposta para a organização racional da produção intelectual do homem. 220f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Faculdade de Ciência da Informação, Universidade de Brasília, Brasília-DF, 2012.

GOMES, H. E. Manual de elaboração de tesauros monolíngues. Brasília: Programa Nacional de Bibliotecas de Instituições de Ensino Superior, 1990.

GUIMARÃES, J. A. C. Organização do conhecimento: passado, presente e futuro em um contexto de diversidade cultural. In: GUIMARÃES, J. A. C e DODEBEI, V. (Orgs.) Organização do conhecimento e diversidade cultural. Marília: ISKO Brasil, Fundepe, 2015. p.13-19.

HARVEY, D. Condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. Tradução de SOBRAL, A. U; GONÇALVES, M. S.: São Paulo: Edições Loyola, 2004.

HJØRLAND, B. Semantics and knowledge organization. Annual Review of Information Science and Technology, p.367-405, 2007.

HJØRLAND, B. What is Knowledge Organization (KO)? Knowledge Organization, v.35, n.2/3, p. 86-101, 2008. Disponível em: <https://is.muni.cz/el/1421/podzim2008/VIKMA13/um/6341865/Hjorland_-_What_is_Knowledge_Organization.pdf>. Acesso em: 30 jun. 2016.

JUDGE, A. Union of International Associations - Virtual Organization: Paul Otlet's 100-year Hypertext Conundrum? Disponível em: <https://www.laetusinpraesens.org/docs/otlethyp.php>. Acesso em 18 jul. 2016.

LE COADIC, Y. F. A Ciência da Informação. Brasília, DF: Briquet de Lemos/Livros, 2004.

LÉVY, P. O que é virtual: fronteiras do pensamento. Brasil, 2007. Documentário Arroba. Direção de Hique Montanari.

LUHN, H. P. Keyword-in-context index for technical literature. American Documentation, v.11, n.4, p. 288-295, 1960.

MARCHAND, Y., GUÉRIN, J. L., BARTHÈS, J. P. A. From a set of technical documents to a hypertext system on the Web. World Conference of the Web Society - WebNet, AACE, 1996.

RAYWARD, W. B. Visions of Xanadu: Paul Otlet (1868-1944) and Hypertext. Journal of the American Society for Information Science, v. 45, n.4, 1994, p.235-250.

ROYAL SOCIETY. Disponível em: <https://royalsociety.org/about-us/history/?from=basefeature#timeline>. Acesso em: 8 jul. 2016.

SANTAREM SEGUNDO, J. E. A documentação: Paul Otlet e o facebook. In: CRIPPA, G.; MOSTAFA, S. P. Ciência da informação e documentação. Campinas: Editora Alínea, p. 99-112, 2011.

SAUSSURE, F. de. Curso de linguística geral. 27.ed. São Paulo: Cultrix, 2006.

TAN, P.; STEINBACH, M.; KUMAR, V. Introdução ao Data Mining - Mineração de dados. Rio de Janeiro: Editora Ciência Moderna Ltda., 2009

WILSON, T. D. On user studies and information needs. Journal of Documentation, v.37, n.1, p.3-15, 1981. Disponível em: <http://www.informationr.net/tdw/publ/papers/1981infoneeds.html >. Acesso em: 2 mar. 2011.

WRIGHT, A. Cataloging the world: Paul Otlet and the birth of the information age. Nova Iorque: Oxford University Press, 2014.

Publicado
2018-06-05