PROGRAMA DO LEITE EM CABACEIRAS/PB: CONTRAPONTOS ENTRE OS DISCURSOS DE COMBATE À POBREZA, O BANCO MUNDIAL E POLÍTICAS PARA O CAMPO (Milk Program in the Cabaceiras/PB: counterpoints between speeches of poverty, the world bank and policies for the field)

  • Ana Bernadete de Carvalho Accioly Soares
  • Maria de Fátima Ferreira Rodrigues
Palavras-chave: Campesinato, Programa Fome Zero, Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), Programa do Leite, Banco Mundial.

Resumo

A classe camponesa no Brasil tem sua história marcada pela exclusão, submissão e expropriação. Com frequência expressiva, políticas agrícolas foram implementadas beneficiando o latifúndio e, na atualidade, o agronegócio. Na contramão dessa realidade, nos deparamos com um sujeito social que, embora inserido no modo de produção capitalista, resiste à sua lógica. Na contemporaneidade, algumas políticas – ressaltamos, compensatórias – vêm sendo implementadas, a exemplo do Programa do Leite (PL), uma das ações do Programa Fome Zero, com grande parte dos recursos oriundos de organismos multilaterais, como o Banco para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD), também conhecido como Banco Mundial. Diante desse quadro, voltamos nossa atenção ao programa Fome Zero e suas modalidades, mais especificamente o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que incorpora o PL. Introduzimos nossa discussão na perspectiva do entendimento dos paradigmas que norteiam tanto a resistência camponesa quanto a implementação dessas políticas. Este trabalho é fruto de pesquisas para elaboração de dissertação de mestrado, no período compreendido entre 2006 e 2008 e para os estudos do GESTAR, desde 2006, realizada no município de Cabaceiras – PB, com os camponeses caprinocultores.
Publicado
2013-10-12