O IMPACTO DA PANDEMIA DE COVID-19 NA VOLATILIDADE DOS PREÇOS AGRÍCOLAS BRASILEIROS: UM ESTUDO PARA SOJA, MILHO E ALGODÃO

Autores

  • Dallas kelson Francisco de Souza Universidade Estadual de Campinas

Resumo

O objetivo do presente estudo foi analisar os possíveis impactos da pandemia mundial de COVID–19 na volatilidade dos preços de três importantes commodities agrícolas exportadas pelo Brasil: soja, milho e algodão. Para tal, observou-se a volatilidade histórica dos seus respectivos preços diários internos e analisou-se modelos de séries temporais univariados autorregressivos integrados de médias móveis (ARIMA) da classe de heterocedasticidade condicional (ARCH) generalizado (GARCH) com Threshold (TGARCH). As estimativas da volatilidade histórica mostraram que a variabilidade dos preços da soja, milho e do algodão aumentaram com o cenário de pandemia mundial, isso significa que o risco de preço para essas commodities nos mercados brasileiros se elevou com a incerteza econômica gerada pela pandemia. Além disso, o preço do milho foi o único a apresentar efeito ARCH pós anúncio de pandemia global feito pela a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-08-13

Edição

Seção

CHAMADA ESPECIAL: Impactos da Covid-19 na Administração