A ciência em ação: o museu virtual de imagens da cultura africana e afrodescendente

  • Mirian de Albuquerque Aquino
  • Antonio Roberto Faustino Costa
  • Alba Cleide Calado Wanderley
  • Lebiam Tamar Silva Bezerra
  • Izabel França Lima
  • Stella Moraes Santiago
Palavras-chave: Cultura africana e afrodescendente, Popularização da ciência e tecnologia, Museu virtual

Resumo

A inserção do Brasil na sociedade da informação e do conhecimento pressupõe o pleno atendimento das demandas científicas, tecnológicas e de inovação, como também a inclusão social e digital que passa necessariamente pela universalização e popularização da ciência e da tecnologia. No caso das populações africanas e afrodescendentes, nas quais se encontram os maiores contingentes de analfabetos funcionais e digitais, essa estratégia requer que a política de C&T seja incluída entre as políticas públicas de ações afirmativas para o desenvolvimento humano, com direitos iguais para o acesso à informação, ao conhecimento universal e aos próprios valores científicos, tecnológicos, estéticos, culturais e políticos emanados dessas comunidades. A necessidade de o país dotar os indivíduos de informação para gerar conhecimento implica, sobretudo, que cidadãos/ãs brancos/as e cidadãos/as negros/as tenham consciência da importância estratégica e do acesso a uma educação científica de qualidade, sob responsabilidade da escola, da universidade e de todas as instâncias educativas e culturais formais, não-formais e informais. Essa educação deve começar pela reflexão sobre o papel que as tecnologias de informação e comunicação (TICs) exercem na desconstrução de imagens preconceituosas e na construção de uma sociedade multicultural, inclusiva e justa socialmente. Com equipe multidisciplinar de pesquisadores da UFPB, UFC e Unirio, o projeto de criação de um museu virtual de imagens da cultura africana e afrodescendente objetiva assumir o caráter permanente de centro de difusão e popularização da C&T para alunos/as das camadas populares, utilizando tecnologias abertas e desenvolvendo competências na coleta, armazenagem, no processamento e na disponibilização de artefatos cognitivos e culturais multimídia. Acesso ao texto completo (PDF)
Publicado
2008-05-14
Seção
Resumos de artigos científicos