Geração e aplicação do conhecimento para a inovação: visões sobre a mudança do paradigma de produção

  • Mônica Aparecida Martinicos de Abreu Berton
  • Fernando Mattos
Palavras-chave: Informação e Conhecimento, Ambientes de inovação, Redes de conhecimento, Políticas de inovação, Tecnologias da informação e comunicação, Desenvolvimento organizacional

Resumo

Este artigo apresenta um panorama sobre os conceitos relacionados à informação e ao conhecimento, em especial sobre sua agregação aos processos de produção de bens e serviços de natureza inovadora. Apresenta, ainda, um conjunto de reflexões sobre o processo de inovação e suas conexões com o desenvolvimento econômico e social, identificando as principais características dos ambientes mais apropriados para a geração de inovações, bem como as estratégias para estimulá-las. Para situar o tema, foram abordados alguns aspectos do processo a que se convencionou chamar de globalização, enquanto fenômeno social e econômico que permeia o debate sobre as novas formas de produção, cada vez mais demandantes de geração e agregação de conhecimento a bens e serviços. Nesse contexto, discute-se a influência da rápida evolução das tecnologias da informação e comunicação (TIC) sobre os processos de geração do conhecimento e de produção de bens e serviços, colocando em evidência os principais requisitos de estímulo ao desenvolvimento sócio-econômico, configurados em políticas públicas apropriadas ao incentivo da atividade produtiva. Sobre isso, é feita uma breve análise da atual Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior – PITCE e de um de seus mecanismos de estímulo à inovação, a recentemente aprovada Lei de Inovação. Acesso ao texto completo (PDF)
Publicado
2008-05-14
Seção
Resumos de artigos científicos