De “O Nome da Rosa” ao “O Código Da Vinci” verdade, mentira, autoritarismo e individualismo na disseminação da informação

  • Patrícia Zeni Marchiori
Palavras-chave: Disseminação da informação – O Nome da Rosa, Disseminação da informação – O Código Da Vinci, Disseminação da informação – verdade, Informação – critérios de qualidade, Direito intelectual

Resumo

Apresenta uma leitura de dois best sellers contemporâneos sob o ponto de vista da disseminação da informação. Discutem-se os conceitos de verdade, a busca da verdade, o acesso à informação, as motivações e critérios individuais que se sobrepõem à necessidade, validação e uso da informação. Considerando-se que o universo pessoal representa a fronteira do entendimento e da aceitação da informação como verdade, pelo menos três dimensões concorrem para o acesso à informação, e são afetadas pelas novas tecnologias. Tais tecnologias respaldam uma nova ordem de comunicação, cuja tendência crescente é a de transferir a responsabilidade plena sobre o processo de busca e uso da informação para o consumidor, acarretando leituras não convencionais sobre critérios de qualidade da informação e o surgimento de uma nova categoria de direitos civis: o direito intelectual. Acesso ao texto completo (PDF)
Publicado
2007-01-17
Seção
Resumos de artigos científicos