ABORDAGEM COGNITIVA PARA GESTÃO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO NAS ORGANIZAÇÕES

  • Aida Varela Varela Universidade Federal da Bahia
  • Marilene Lobo Abreu Barbosa Universidade Federal da Bahia
  • Maria Giovanna Guedes Farias Universidade Federal do Ceará
Palavras-chave: Estudos cognitivos, Gestão estratégica, Gestão organizacional, Sistemas de Informação, Tomada de decisão.

Resumo

A ebulição na conjuntura política, econômica e social subsidia as organizações a investirem em modelos de gestão fortes, dinâmicos e atentos, que lhes permitam monitorar o ambiente externo que a circunda, bem como acompanhar e incrementar o seu ambiente interno. Destarte, objetiva-se analisar o valor dos estudos cognitivos na otimização da gestão estratégica, mediante o fortalecimento de sistemas de informação. Para alcançar este propósito, contrastam-se, inicialmente, conceitos sobre cognição e seus desdobramentos relacionados com os temas – aprendizagem, mediação e desenvolvimento de competências e apresentam-se a Teoria da Modificabilidade Cognitiva Estrutural (TMCE) e a Experiência da Aprendizagem Mediada (EAM) desenvolvidas por meio do Programa de Enriquecimento Instrumental (PEI), criados por Reuven Feuerstein, discípulo de Piaget, com o objetivo de descrever a trajetória pela qual o sujeito chega à solução do problema e propõe o mapa cognitivo como ferramenta de análise do ato mental. Conclui-se que as profissões sofrem alterações profundas, de natureza diversa e complexa, em função destas novas situações, que as levam à interdependência e à competição, demandando reconversões nos princípios, teorias e práticas educacionais, de modo a alinhar os perfis profissionais às demandas sociais e produtivas, que, na atualidade, caracterizam-se pela exigência de profissionais autônomos, reflexivos, flexíveis, criativos, proativos etc.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aida Varela Varela, Universidade Federal da Bahia
Doutora em Ciência da Informação. Docente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, UFBA.
Marilene Lobo Abreu Barbosa, Universidade Federal da Bahia
Doutora em Ciência da Informação. Docente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, UFBA.
Maria Giovanna Guedes Farias, Universidade Federal do Ceará
Doutora em Ciência da Informação. Docente Departamento de Ciências da Informação, UFC.
Publicado
2015-12-22
Como Citar
Varela, A. V., Barbosa, M. L. A., & Farias, M. G. G. (2015). ABORDAGEM COGNITIVA PARA GESTÃO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO NAS ORGANIZAÇÕES. Perspectivas Em Gestão & Conhecimento, 5(2), 49-68. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/index.php/pgc/article/view/22890
Seção
Artigos de Revisão | Review Articles