GESTÃO DO TRABALHO DOCENTE E PERCEPÇÃO DAS CONDIÇÕES DE SAÚDE DE DOCENTES DE ENSINO SUPERIOR

  • Michelle Cardoso Machado dos Santos Unicesumar
  • Adriana Yanina Ortiz
  • Solange Franci Raimundo Yaegashi Universidade Estadual de Maringá
  • Arthur Gualberto Barcelar da Cruz Urpia Universidade Cesumar
  • Regiane da Silva Macuch Universidade Cesumar

Resumo

A Universidade é tida como uma organização que produz conhecimento científico e que atualmente precisa organizar suas ações para a produção e gestão do conhecimento no sentido de sua própria sobrevivência e cumprimento da missão de formar novos profissionais. O docente é um personagem central neste processo, visto que suas funções estão diretamente relacionadas com a produção e disseminação do conhecimento, além do desenvolvimento de pessoas. Entretanto, a função docente também é fortemente influenciada pelas mudanças sociais e econômicas do mundo globalizado. Assim, este estudo visa compreender como a percepção da própria saúde pode afetar o processo de gestão do trabalho docente de um grupo de docentes de ensino superior. Para este fim foram aplicados questionários à 80 docentes do ensino superior de uma instituição privada, com questões sobre aspectos socioeconômicos e profissionais, além da versão curta do questionário genérico de avaliação de qualidade de vida- SF-36. Os dados obtidos indicam que a saúde influencia na gestão do trabalho pedagógico, em especial sobre produção científica e inovação de metodologias em sala de aula. Desta forma, conclui-se que os processos de gestão do conhecimento podem auxiliar na melhoria das condições de saúde docente e, consequentemente, na gestão do seu trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Michelle Cardoso Machado dos Santos, Unicesumar

Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade do Sul de Santa Catarina. Mestre em Gestão do Conhecimento pela Universidade Cesumar, Brasil. Professora da Universidade Cesumar, Brasil.

Adriana Yanina Ortiz

Doutora em Educação pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, Portugal. Professora da Universidad Nacional de Salta, Argentina.

Solange Franci Raimundo Yaegashi, Universidade Estadual de Maringá

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas, Brasil. Professora da Universidade Estadual de Maringá, Brasil.

Arthur Gualberto Barcelar da Cruz Urpia, Universidade Cesumar

Doutor em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil. Professor da Universidade Cesumar, Brasil.

Regiane da Silva Macuch, Universidade Cesumar

Doutora em Ciências da Educação pela Universidade do Porto, Portugal. Professora da Universidade Cesumar, Brasil.

Publicado
2020-08-25
Como Citar
Santos, M. C. M. dos, Ortiz, A. Y., Yaegashi, S. F. R., Urpia, A. G. B. da C., & Macuch, R. da S. (2020). GESTÃO DO TRABALHO DOCENTE E PERCEPÇÃO DAS CONDIÇÕES DE SAÚDE DE DOCENTES DE ENSINO SUPERIOR. Perspectivas Em Gestão & Conhecimento, 10(2), 143-158. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/index.php/pgc/article/view/49490
Seção
Relatos de Pesquisa | Research Articles