DO CAMPO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NO BRASIL: UM ESTUDO DE SEUS ASPECTOS TEÓRICOS, METODOLÓGICOS E EPISTEMOLÓGICOS

  • André Felipe de Albuquerque Fell Universidade Federal de Pernambuco

Resumo

Buscou-se avaliar o estado da arte do campo de Sistemas de Informação (SI) no Brasil, a partir da análise dos trabalhos publicados nos anais do Enanpad (Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração) de 2010 a 2018 nos seus aspectos teóricos, metodológicos e epistemológicos. Para tal, fez-se uma pesquisa documental de natureza quali-quantitativa em 28 artigos acadêmicos publicados na Divisão Acadêmica de Administração da Informação (ADI – tema 07, mudando em 2018, para ADI – tema 06) do Enanpad no período em tela. Em termos de resultados, observou-se que teoricamente há uma pluralidade de perspectivas teóricas sendo aplicadas ao campo de SI; metodologicamente, notou-se o predomínio de artigos empíricos (78,57%); a abordagem de pesquisa mais adotada como sendo a de natureza qualitativa (50%) e as estratégias de pesquisa concentradas mais em cinco tipos: ensaio (21,43%), estudo bibliométrico (17,85%), survey (10,71%), revisão sistemática+bibliométrico (10,71%) e estudo de casos múltiplos (7,14%). Em termos epistemológicos, ainda é significativa a presença do paradigma positivista (60,7%), o que pode indicar ainda alguma resistência ao uso de métodos interpretativos em SI como, por exemplo, o método hermenêutico dialético, ou a hermenêutica crítica (HC), de Myers (1995); ou ainda, o uso da análise crítica do discurso, usando Habermas (CUKIER et. al., 2009).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Felipe de Albuquerque Fell, Universidade Federal de Pernambuco

Doutor em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco, Brasil. Professor da Universidade Federal de Pernambuco, Brasil.

Publicado
2020-08-25
Como Citar
Fell, A. F. de A. (2020). DO CAMPO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NO BRASIL: UM ESTUDO DE SEUS ASPECTOS TEÓRICOS, METODOLÓGICOS E EPISTEMOLÓGICOS. Perspectivas Em Gestão & Conhecimento, 10(2), 180-202. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/index.php/pgc/article/view/50383
Seção
Relatos de Pesquisa | Research Articles