FUTEBOL, RACISMO E MEDIA: os discursos da imprensa portuguesa durante o fascismo e pós-Revolução de Abril

Autores

  • Pedro Sousa de Almeida Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra

Resumo

Este artigo questiona a ideia de que o 25 de Abril de 1974 originou uma rutura completa com os discursos colonialistas e racistas que marcaram a ditadura. Depois de se analisar, criticamente, o estado da discussão teórica sobre futebol e racismo no contexto europeu, mostra-se como o contexto do futebol constitui um espaço privilegiado para a glorificação e banalização do colonialismo e do racismo. A componente empírica do trabalho estabelece uma análise comparativa dos discursos da imprensa portuguesa entre o período fascista e o contemporâneo, procurando realçar as suas ruturas e continuidades. No primeiro, evidencia-se o modo como os discursos coloniais racistas contribuíram para a consolidação de ideias sobre a nação assentes na grandiosidade portuguesa. O segundo período analisa as narrativas dominantes produzidas pelos media por ocasião do falecimento de Eusébio da Silva Ferreira, mostrando-se de que forma a celebração e exaltação da sua portugalidade se encontra profundamente ancorada no paradigma colonial. Palavras-chave: Discurso colonial. Futebol. Imprensa Portuguesa. Eusébio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Sousa de Almeida, Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra

Pedro Sousa de Almeida é doutorando em ‘Democracia no Século XXI’ no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. Antropólogo pela Universidade de Coimbra, realizou o Mestrado no Instituto Superior Miguel Torga de Coimbra onde exerceu, entre 2002 e 2010, funções de docência. Privilegiando o futebol como via de acesso à realidade social, o seu trabalho de investigação centra-se na abordagem crítica do fenómeno do racismo e eurocentrismo nas sociedades contemporâneas. 'Futebol, racismo e eurocentrismo. Os Media portugueses na cobertura do Campeonato Mundial de Futebol na África do Sul'(2012), publicado pela Revista Crítica de Ciências Sociais, constitui a sua principal publicação. Outras áreas de interesse: -Futebol, Violência e Identidade -Futebol e Políticas Mercantilistas

Downloads

Publicado

2016-11-30

Como Citar

Almeida, P. S. de. (2016). FUTEBOL, RACISMO E MEDIA: os discursos da imprensa portuguesa durante o fascismo e pós-Revolução de Abril. REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS - POLÍTICA &Amp; TRABALHO, 1(44). Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/index.php/politicaetrabalho/article/view/28332

Edição

Seção

Nº 44 - DOSSIÊ RACISMO, SOCIEDADE, CULTURA E POLÍTICA: DIÁLOGOS BRASIL X PORTUGAL