RETRATOS SOCIOLÓGICOS DO MARACATU DE BAQUE SOLTO: Percursos, disposições, práticas e variações culturais

  • José Roberto Feitosa de Sena Faculdade Elo (Recife-PE)

Resumo

O presente texto, resultado de uma pesquisa doutoral, pretende colaborar para reflexão sociológica sobre a necessidade de abordagens em escala individual aplicadas aos estudos de cultura popular investigando os atores do Maracatu de Baque Solto, manifestação oriunda das classes populares em Pernambuco. Tentando pensar a cultura popular sob a perspectiva disposicionalista e contextualista, a pesquisa traz à baila o caso dos indivíduos visando observá-los/analisá-los em diferentes contextos da ação, refazendo suas trajetórias sociais a fim de analisar, em nível diacrônico-sincrônico, suas ações plurais e variações culturais. Tal objetivo foi possível com a aplicação dos retratos sociológicos de indivíduos, a partir da reconstrução de suas trajetórias de vida nos mais variados e contínuos processos plurais de socialização. Essa abordagem se embasa, principalmente, na perspectiva teórico-metodológica de Bernard Lahire e nos casos de aplicação/atualização desta na sociologia lusófona, especialmente portuguesa. A investigação aprofundada em escala individual não negligencia os demais níveis e é pertinente para a percepção das micromobilidades, hibridismos, circularidades culturais e variações inter e intraindividuais. O artigo apresenta uma discussão teórico-metodológica sistemática e, ao final, um dos retratos sociológicos resultantes da pesquisa. Palavras-Chave: Retratos sociológicos. Sociologia disposicionalista. Ator plural. Cultura popular.

Biografia do Autor

José Roberto Feitosa de Sena, Faculdade Elo (Recife-PE)
Doutor em Sociologia pela Universidade Federal da Paraíba (PPGS/UFPB), mestre em Ciências das Religiões (PPGCR/UFPB) com mestrado-sanduíche na Universidade Metodista de São Paulo (Umesp) e licenciado em História pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap). Membro do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Religiosidade - Religare (UFPB) e do Grupo de Estudos em Sociologia Disposicionalista - Bernard Lahire e seus interlocutores (UFPB). Membro da Associação Brasileira de História das Religiões - ABHR. Concentra seus estudos e pesquisas nos temas da religiosidades, culturas populares e sociologia em escala individual. Em 2017 atuou como bolsista do Programa Doutorado-Sanduíche no Exterior - PDSE/Capes desenvolvendo estágio de doutoramento no Instituto de Sociologia da Universidade do Porto (Portugal). Professor da Faculdade Elo (Recife).
Publicado
2019-11-20
Como Citar
Sena, J. R. F. de. (2019). RETRATOS SOCIOLÓGICOS DO MARACATU DE BAQUE SOLTO: Percursos, disposições, práticas e variações culturais. REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS - POLÍTICA & TRABALHO, 1(50), 120-137. https://doi.org/10.22478/ufpb.1517-5901.2019v1n50.43469
Seção
Nº 50 DOSSIÊ SOCIOLOGIA(S) EM ESCALA INDIVIDUAL