A Pandemia Covid-19 Como Um Inimigo Invisível E Silencioso: O Direito À Saúde Em Tempos De Sobrevivência

Autores

  • Janaína Machado Sturza Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUI.Programa de Pós graduação em Direitos Humanos - Mestrado e Doutorado. http://orcid.org/0000-0001-9290-1380
  • Evandro Luís Sippert Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUI https://orcid.org/0000-0001-6810-3266

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1678-2593.2020v19n42.54163

Palavras-chave:

crise sanitária; direito à saúde; pandemia; sobrevivência.

Resumo

O direito à saúde está relacionado a uma garantia imprescindível ao pleno desenvolvimento e satisfação da qualidade de vida das pessoas, pois ao centro de tudo deve estar o respeito pelo homem, por sua dignidade e por seus direitos inalienáveis, essenciais à sua sobrevivência em um mundo no qual os riscos se mostram globalizados, invisíveis e silenciosos. Nesse sentido, o estudo ora proposto tem por objetivo analisar as implicações da disseminação da pandemia do vírus Covid-19 no direito à saúde, em um contexto de crise global em caráter sanitário e humanitário. Este artigo constitui-se em uma revisão bibliográfica, baseada no método dedutivo e utilizando-se, como alternativa de analise, da metateoria do Direito Fraterno. Por fim, verificou-se que esta pandemia nos apresentou a necessidade da ruptura de paradigmas, a partir da ressignificação da sociedade, especialmente sob o olhar do direito ao acesso à saúde como forma de sobrevivência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Janaína Machado Sturza, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUI.Programa de Pós graduação em Direitos Humanos - Mestrado e Doutorado.

Pós doutora em Direito pela Unisinos. Doutora em Direito pela Universidade de Roma Tre/Itália. Mestre em Direito pela Universidade de Santa Cruz do Sul – UNISC. Especialista em Demandas Sociais e Políticas Públicas também pela UNISC. Professora na Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUI, lecionando na graduação em Direito e no Programa de pós-graduação em Direito - mestrado e doutorado. Integrante da Rede Iberoamericana de Direito Sanitário. Integrante do Comitê Gestor da Rede de Pesquisa em Direitos Humanos e Políticas Públicas. Integrante do grupo de pesquisa Biopolítica e Direitos Humanos (CNPq). Pesquisadora Gaúcha FAPERGS – PqG Edital 05/2019.

Evandro Luís Sippert, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUI

Doutorando e Mestre em Direito pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ (2017), Bacharel em Direito pela Universidade de Cruz Alta/RS - UNICRUZ (2016), Graduado em História pela PUC/RS (2000), Pós- Graduação em Gestão das Tecnologias da Informação e da Comunicação em Educação - MBA pela PUC/RS (2006), Pós-Graduação em Docência do Ensino Superior pela UFRJ (2001). Integrante do grupo de pesquisa Biopolítica e Direitos Humanos (CNPq). Advogado.

Downloads

Publicado

2020-09-15

Como Citar

STURZA, J. M.; LUÍS SIPPERT, E. A Pandemia Covid-19 Como Um Inimigo Invisível E Silencioso: O Direito À Saúde Em Tempos De Sobrevivência. Prim Facie, [S. l.], v. 19, n. 42, p. 189–216, 2020. DOI: 10.22478/ufpb.1678-2593.2020v19n42.54163. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/primafacie/article/view/54163. Acesso em: 27 jan. 2023.