[ID 47455] PADRÃO DE HIGIENE BUCAL INFLUENCIA A SEVERIDADE DE CÁRIE DENTÁRIA EM CRIANÇAS DE 12 ANOS

Resumo

Objetivo: O objetivo deste estudo foi verificar a associação entre a severidade da cárie dentária e os fatores sociodemográficos e comportamentais de higiene bucal. Metodologia: Realizou-se um estudo transversal e analítico com 300 crianças de 12 anos, de um município de pequeno porte em Pernambuco. Utilizou-se o Índice de Higiene Oral Simplificado e os critérios de cárie dentária da Organização Mundial de Saúde. Os dados foram coletados por um único examinador, devidamente calibrado (k= 0,92). As crianças e seus pais responderam a um formulário. Para verificar a associação entre a severidade de cárie dentária e as demais variáveis investigadas, realizou-se a regressão de Poisson, considerando o p˂0,05. Resultados: A experiência da doença correspondeu a 74,3% dos escolares, sendo o CPO-D igual a 2,6. Nenhuma variável sociodemográfica mostrou associação com a severidade da doença. Verificou-se associação significativa entre a maior severidade da cárie, a maior frequência diária de escovação (p=0,004) e o baixo nível de higiene (p<0,001). Conclusão: A experiência de cárie dentária foi considerada alta, sendo a severidade da doença, considerada preocupante. A higiene bucal regular ou deficiente repercutiu nas crianças com cárie dentária moderada/severa. Dessa forma, programas de educação em saúde bucal direcionados às ações preventivas, com enfoque na escovação supervisionada, são necessários para a população pesquisada. DESCRITORES: Cárie Dentária. Índice CPO. Condições Sociais. Higiene Bucal.
Publicado
2020-03-24
Como Citar
Paredes, S. de O., da Silva, E. B. A., Bezerra, P. M., & Forte, F. D. S. (2020). [ID 47455] PADRÃO DE HIGIENE BUCAL INFLUENCIA A SEVERIDADE DE CÁRIE DENTÁRIA EM CRIANÇAS DE 12 ANOS. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 24(1). https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2020v24n1.47455
Seção
Pesquisa