Avaliação de Perdas e Ganhos nas Decisões Financeiras: Uma Investigação à Luz da Prospect Theory

  • Adriana Fernandes Vasconcelos UFPE
  • Gustavo Amorim Antunes MF
  • César Augusto Tibúrcio Silva UnB
Palavras-chave: Finanças Comportamentais, Perdas e Ganhos, Racionalidade Econômica, Emoção

Resumo

As anomalias registradas no mercado financeiro suscitaram o surgimento do ramo das finanças comportamentais, que investiga os aspectos emocionais e cognitivos na tomada de decisão. Nesse contexto, insere-se a Prospect Theory, que se apresenta como alternativa à Teoria da Utilidade Esperada. Esta pesquisa tem como objetivo testar as hipóteses da Prospect Theory a partir do questionário desenvolvido por Thaler e Johnson (1990), que avalia o comportamento dos indivíduos após eventos de perdas e ganhos financeiros. A amostra é composta por 1.152 alunos de graduação da cidade de Caruaru/PE. Os resultados encontrados são semelhantes aos da pesquisa de Thaler e Johnson (1990) e validam parcialmente a Teoria do Prospecto, mas com evidências menos acentuadas. Observou-se que os alunos tendem a não se guiar exclusivamente pelo resultado financeiro, de modo que suas decisões parecem influenciadas pelo componente emocional das perdas e ganhos. Subsidiariamente, verificou-se que as distinções de curso, idade, gênero e renda familiar não alteraram qualitativamente os resultados.

Biografia do Autor

Gustavo Amorim Antunes, MF
Doutorando em Contabilidade
Publicado
2014-04-30
Como Citar
Vasconcelos, A. F., Antunes, G. A., & Silva, C. A. T. (2014). Avaliação de Perdas e Ganhos nas Decisões Financeiras: Uma Investigação à Luz da Prospect Theory. Revista Evidenciação Contábil & Finanças, 2(1), 22-38. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/index.php/recfin/article/view/18534
Seção
Seção Nacional