Análise do Nível de Evidenciação de Informações Ambientais Apresentado pelas Empresas que Exploram Atividades Agrícolas

  • Deisiane Alves Guimarães Universidade Federal de Uberlândia
  • Ilirio José Rech Universidade Federal de Uberlândia
  • Moisés Ferreira Cunha Universidade Federal de Goiás - UFG
  • Ivone Vieira Pereira Universidade de Rio Verde - FESURV
Palavras-chave: Contabilidade Ambiental, Evidenciação, Relatórios Contábeis

Resumo

A preservação do meio ambiente tornou-se um tema de discussão recorrente no âmbito empresarial, onde contabilidade tem papel fundamental como ferramenta para divulgação das informações relacionadas ao consumo, preservação e recuperação de recursos naturais. Algumas atividades econômicas têm uma relação mais próxima com o meio ambiente. Isso ocorre, principalmente, quando as empresas desenvolvem a exploração de recursos naturais, como é o caso da atividade agropecuária. Neste sentido, esta pesquisa tem como objetivo verificar o nível de divulgação das informações ambientais das empresas abertas que exploram a atividade agropecuária. Utilizando metodologia de pesquisa descritiva, foi selecionada uma amostra de 19 empresas listadas na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que possuem, em seus relatórios contábeis, elementos classificados como ativos biológicos. Os resultados indicam que as empresas que exploram atividades agropecuárias apresentaram, em média, baixo nível de evidenciação ambiental. Apenas quatro empresas da amostra foram classificadas com nível médio de evidenciação, enquanto as demais se enquadram como baixo nível de evidenciação. Os indícios sugerem que entidades da amostra se utilizam da divulgação das informações ambientais mais como ação de legitimação do que com o objetivo de bem informar os usuários das informações.

Biografia do Autor

Deisiane Alves Guimarães, Universidade Federal de Uberlândia
Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU
Ilirio José Rech, Universidade Federal de Uberlândia
Doutor em Controladoria e Contabilidade FEA-USPProf Adjunto do Departamento de Ciencias Contábeis da Universidade Federal de Uberlândia - Programa de Pós Graduação em Ciencias Contábeis - PPGC FACIC UFU
Moisés Ferreira Cunha, Universidade Federal de Goiás - UFG
Doutor em Controladoria e Contabilidade FEA-USPProf Adjunto da FACE UFG. Prof do Programa de Pós Graduação em Ciencias Contábeis - PPGC FACIC UFU
Ivone Vieira Pereira, Universidade de Rio Verde - FESURV
Mestre em Ciências Contábeis e Doutoranda do PROGRAMA MULTI-INSTITUCIONAL E INTER-REGIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS UnB/UFPB/UFRNProfessora da Universidade de Rio Verde - FESURV
Publicado
2014-11-28
Seção
Seção Nacional