Alternativas de Investimentos em Renda Fixa no Brasil: Comparação entre um Banco de Investimento e um Banco de Varejo

  • Mario Sergio Pugliese Balthazar FCA/UNICAMP
  • Paulo Henrique Hemoto Morgado FCA/UNICAMP
  • Otávio Gomes Cabello Faculdade de Ciências Aplicadas Universidade Estadual de Campinas http://orcid.org/0000-0003-4933-512X
Palavras-chave: Finanças. Análise de Investimentos. Renda Fixa.

Resumo

Objetivo: o objetivo dessa pesquisa foi comparar as opções de renda fixa no mercado financeiro brasileiro em um banco de varejo e em um banco de investimento.

Fundamento: O mercado de renda fixa cresceu muito nos últimos anos e é representado por cerca de 3 milhões de investidores e movimenta mais de R$ 2 trilhões, segundo a Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos (2016). Os investimentos em renda fixa podem ser realizados por meio de instituições financeiras. Essas possuem diversas configurações no Brasil, ou seja, existem bancos comerciais ou de varejo; bancos de investimentos; bancos de desenvolvimento e bancos mistos.

Método: Foram comparadas as rentabilidades dos investimentos em Poupança, CDB, LCA, CRI, CRA, Debêntures, Tesouro Prefixado e Fundos de Investimentos no período de 2007 a 2016 e depois foram apurados os coeficientes de variabilidade destes investimentos, a fim de observar o risco.

Resultados: A partir dos resultados, descontando a inflação do período analisado em um banco de investimento, os investimentos mais rentáveis foram: CRI, seguido do CRA, LCA, Tesouro Prefixado, CDB, Fundos de Investimentos, Debêntures e Poupança. Já no banco de varejo, os melhores rendimentos reais no período, foram: CRI, seguidos da CRA, Tesouro Prefixado, Fundos de Investimentos, LCA, Debêntures, Poupança e CDB. A rentabilidade do banco de investimento foi maior em 5,83% no acumulado do período. O coeficiente de variabilidade indicou baixa volatilidade nos investimentos em CRI, CRA e LCA e alta nos investimentos em CDB e Debêntures.

Contribuições: Essa pesquisa contribui para preencher o gap existente na pesquisa de finanças no Brasil, pois poucos estudos realizam análise de produtos financeiros existentes e como eles podem contribuir para tomada de decisão de empresas e indivíduos.

Publicado
2018-04-28
Seção
Seção Nacional