Evidenciação de Informações por Segmento de Negócios: Estudo com Empresas Brasileiras, Alemãs, Francesas e Norte-Americanas do Setor de Siderurgia e Metalurgia

Palavras-chave: Segmento de Negócios. Normas Contábeis Internacionais. Evidenciação Contábil. IFRS 8.

Resumo

Objetivo: O objetivo do estudo foi analisar o nível de evidenciação de empresas brasileiras, alemãs, francesas e norte americanas do setor de siderurgia e metalurgia, comparativamente às exigências do IFRS 8 quanto à publicação por segmentos de negócios.Fundamento: A globalização dos negócios e dos mercados, mesmo que relativa, trouxe a necessidade de harmonização mundial da linguagem contábil, surgindo daí a criação do IASB, órgão de normatização independente e responsável pela emissão das IFRS. De forma análoga, há a preocupação de ampliar e melhor qualificar a evidenciação de informações contábeis ao mercado, destacando-se neste estudo aquelas referentes às publicações por segmentos de negócios.Método: Trata-se de uma pesquisa documental, exploratória, de caráter descritivo e quali-quantitativo. Aplicou-se a análise de conteúdo nos relatórios das demonstrações contábeis do exercício de 2015, de companhias listadas na Bolsa de Valores de Frankfurt, BM&FBovespa, Euronext Paris e Bolsa de Valores de Nova York.Resultados: Os achados mostram que 24% das 33 empresas pesquisadas não apresentam informações por segmento. Os níveis de evidenciação das empresas situam-se em 79%, 63%, 76% e 66% pelas empresas alemãs, brasileiras, francesas e norte-americanas, respectivamente. Observa-se que as empresas brasileiras têm ainda um largo espaço para evoluir em relação às empresas dos outros países.Contribuições: Quanto ao mercado, a contribuição destaca aquelas categorias menos presentes na evidenciação, as quais podem ser críticas na decisão de analistas e investidores. Quanto ao meio acadêmico, destaca-se um conteúdo conceitual para as disciplinas de evidenciação contábil e auditoria e nos respectivos procedimentos práticos para evidenciação (pelas empresas informantes) e serviços de revisões (pelas empresas de auditoria).

Biografia do Autor

Bibiana Fraga Gonçalves, Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos
Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos
Marcos Antônio de Souza, Professor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU).
Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo.
Débora Gomes de Gomes, Professora da Universidade Federal do Rio Grande - FURG
Bacharel, Mestre, Doutora e Pós-Doutora em Ciências Contábeis
Marcia Bianchi, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
Professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
Publicado
2019-09-02
Seção
Seção Nacional