Editorial

Luiz Felipe de Araújo Pontes Girão

Resumo


Caro Leitor,

 

Tenho uma grande novidade: este é o último editorial que estou escrevendo como editor geral da RECFin.

Em 2016, após defender a minha tese de doutorado, eu entrei na revista como editor adjunto – àquela época eram apenas 2 (dois) editores para dar conta de tudo (Professor Orleans Martins e Professor Wenner Lucena) e no final do ano assumi como editor geral. Hoje somos 5 (cinco) editores – quer dizer, ainda serão, mas eu não serei mais.

O primeiro desafio que consegui implementar como editor, com a ajuda dos dois editores que me precederam, foi publicar as edições antes do início do quadrimestre. Em uma das reuniões com Orleans eu me recordo que nós nos lembramos de que o início do primeiro quadrimestre do ano era 31/12, então corremos para deixar tudo pronto a tempo. A ideia era publicar a edição pouco antes da meia noite, mas fiquei com receio de a internet parar e resolvi apertar o botão por volta de umas 20h00 do dia 31/12/2016 antes dos fogos.

Além disso, nós passamos a publicar os artigos usando APA e com resumo estruturado, para nos aproximarmos mais do padrão das melhores revistas do mundo na nossa área, além de aumentar o número de artigos publicados de 6 (seis) para 8 (oito) por edição e tentar publicar pelo menos 1 (um) artigo traduzido para inglês em cada edição (com as nossas restrições orçamentárias, foi bem difícil fazer isso gratuitamente).

Nesse período, foram 8 (oito) números em que eu estive a frente como editor geral, sendo que conseguimos publicar 8 (oito) artigos traduzidos gratuitamente para inglês e mais 5 (cinco) que já foram submetidos em inglês.

Outro compromisso que eu assumi com os editores anteriores foi o de manter o padrão de respostas rápidas e de qualidade aos autores. A RECFin era reconhecida por sua rapidez nos pareceres e eu levei muito a sério essa questão porque é muito ruim para os autores (e todos nós somos autores e precisamos publicar!) esperar vários longos meses ou até anos para receber um primeiro feedback.

Minha atenção era mais especial ainda para aqueles artigos em que eu via menor potencial de publicação. Eu buscava fazer um desk rejection rápido e com alguma ajuda para que o artigo pudesse alcançar uma publicação em um outro periódico no futuro – mesmo quando eu achava que os autores submeteram o artigo só para receber feedback ou tentar a sorte. Em compensação, recebi um monte de respostas um tanto quanto desaforadas de alguns autores, pela rejeição no desk, mas faz parte do trabalho de editor e eu acabo relevando, porque todo mundo fica chateado com rejeições.

Por falar nisso, eu gostaria de fazer um apelo aos autores para que só submetam os seus artigos quando acharem que já está no ponto e que eles não conseguem mais andar sozinhos. Os revisores são escassos, não podemos ficar “gastando” revisores com artigos que ainda não estão no ponto.

Por falar em escassez de revisores, eu gostaria de agradecer a todos os revisores que nos ajudaram nesse processo. Gostaria de agradecer, inclusive, àqueles que rejeitaram avaliar artigos. É importante que os revisores saibam dizer não quando não estão em condições de avaliar. Não é vergonha nenhuma. É vergonhoso não responder ao chamado, mesmo que negativamente, porque isso faz com que fiquemos aguardando uma resposta sua, atrasando todo o processo. Repito: todos nós precisamos publicar e não é nada bom esperar vários meses pelo primeiro feedback.

Obrigado a todos os autores, revisores, editores adjuntos, a equipe de assistentes editoriais, tradutora e demais envolvidos no processo. Tudo isso só foi possível porque todos ajudaram.

Não posso deixar de agradecer, principalmente, e mais uma vez, aos Professores Orleans Martins e Wenner Lucena, por terem me inserido nessa jornada e também a todos os editores de outras revistas com quem eu discuti algumas ideias, especialmente os Professores Fabio Frezatti (RCF-USP), Fabio Motoki (BBR-FUCAPE), Edilson Paulo e José Elias Almeida (ambos da ASAA).

Aproveito para convidá-los, ainda, a acompanhar a Newsletter da Anpcont. Serei editor desse novo projeto da Anpcont pelos próximos 2 (dois) anos: http://www.anpcont.org.br/newsletter.php

Por fim, desejo muito sucesso à Professora Adriana Fernandes Vasconcelos nessa nova jornada como Editora Geral da RECFin. A Professora Adriana já vinha fazendo um ótimo trabalho como editora adjunta na área de Educação e Contabilidade Gerencial e tenho certeza de que fará melhor ainda como Editora Geral.

 

Boa leitura a todos!

 

LUIZ FELIPE DE ARAÚJO PONTES GIRÃO

Editor Geral

 


Texto completo:

PDF português


DOI: https://doi.org/10.22478/ufpb.2318-1001.2019v7n2.46061

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Evidenciação Contábil & Finanças

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 2318-1001

DOI 10.18405

Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA)
Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (PPGCC)

Campus I - CEP 58.051-900
João Pessoa - Paraíba - Brasil

Email: recfin@ccsa.ufpb.br
Telefone: 55 (83) 3216 7285