TRABALHAR NA UNIVERSIDADE PÚBLICA NO BRASIL, LUGAR DE TRABALHO, QUAL TRABALHO?

  • Aparecida Neri de Souza

Resumo

Este artigo apresenta uma análise sobre o trabalho docente nas universidades públicas estaduais do estado de São Paulo (Brasil), num duplo movimento de decomposição e recomposição do trabalho e do emprego. Questionam-se as diferentes faces das condições de trabalho e emprego de professores e professoras, incluindo salários, carreiras e proteção social, bem como os reflexos das mudanças nos direitos do trabalho quanto à organização, condições, conteúdo e sentido do trabalho docente na educação superior. Outras problemáticas a serem abordadas: o papel (in)direto de organismos internacionais e ideologias neoliberais sobre o direito do trabalho e a emergência de novas formas de regulamentação do trabalho e emprego docente; as políticas públicas e suas implicações sobre a reconfiguração do trabalho docente; a organização do trabalho docente no âmbito da “gestão enxuta”, do “gerencialismo” ou das “avaliações comparativas (benchmarking)”; os efeitos sobre a degradação das condições de trabalho e as performances produtivas docente; as adaptações, resistências e mobilizações coletivas dos docentes.

Publicado
2018-08-01
Seção
Dossiê: Trabalho no Brasil e na França.