Manejo nutricional de ovelhas gestantes e lactantes com ênfase em carboidratos fibrosos e não fibrosos

  • Fernanda Lavínia Moura Silva Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ), pertencente a Universidade de São Paulo (USP)/Mestrado
  • Daniel Montanher Polizel Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ), pertencente a Universidade de São Paulo (USP)/Doutorado
  • Ana Paula Alves Freire Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ), pertencente a Universidade de São Paulo (USP)/Doutorado
  • Ivanete Susin Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ), pertencente a Universidade de São Paulo (USP)/Professora Associada

Resumo

Em ovinos, alimentos que geram produtos metabólicos responsáveis por auxiliar no desempenho produtivo, são obtidos na maior parte com o uso de dietas energéticas provenientes da fermentação dos carboidratos. Rações a base de carboidrato não fibroso (CNF), com altos teores de amido, promovem aumento do propionato, elevando a produção de glicose e a liberação de insulina, sendo estes favoráveis ao desenvolvimento do feto no terço médio e final da gestação. Entretanto, estudos recentes propõem que dietas contendo menos CNF possibilitam maior consumo de matéria seca (CMS) pelo animal, podendo promover maior aporte nutricional ao feto, quando fornecidas a fêmeas gestantes. Adicionalmente, a substituição de CNF por carboidrato fibroso (CF) na dieta de ruminantes promove aumento do acetato, favorecendo a produção de leite e a persistência da lactação em ovelhas lactantes. Este conhecimento é essencial para maximizar a eficácia do manejo nutricional no desempenho de ovelhas gestantes sobre o desenvolvimento das crias, na tentativa de gerar cordeiros mais desenvolvidos e com melhor qualidade de carcaça, assim como na partição dos nutrientes voltada à produção de leite.

Biografia do Autor

Fernanda Lavínia Moura Silva, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ), pertencente a Universidade de São Paulo (USP)/Mestrado
Graduanda em Medicina Veterinária pela UFRPE. Atualmente aluna de mestrado pelo programa Ciência Animal e Pastagens do departamento de zootecnia da ESALQ/USP
Daniel Montanher Polizel, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ), pertencente a Universidade de São Paulo (USP)/Doutorado
Graduando em Zootecnia pela UNESP. Mestre em Ciência Animal pela ESALQ/USP. Atualmente aluno de Doutorado pelo programa Nutrição e Produção Animal pertencente a FMVZ/USP.
Ana Paula Alves Freire, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ), pertencente a Universidade de São Paulo (USP)/Doutorado
Graduanda em Zootecnia pela UVA-CE. Mestra em Zootecnia pela UVA-CE. Atualmente aluna de doutorado pelo programa Ciência Animal e Pastagens do departamento de zootecnia da ESALQ/USP
Ivanete Susin, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ), pertencente a Universidade de São Paulo (USP)/Professora Associada
Formada em Medicina Veterinária pelo Centro de Ciências Agro Veterinárias (1980), com mestrado em Ciência Animal e Pastagens pela Universidade de São Paulo (1985) e doutorado em Animal Science - Ohio State University (1994). Atualmente é professora Associada do departamento de zootecnia da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ), pertencente a Universidade de São Paulo (USP).
Publicado
2015-03-17
Como Citar
Silva, F. L. M., Polizel, D. M., Freire, A. P. A., & Susin, I. (2015). Manejo nutricional de ovelhas gestantes e lactantes com ênfase em carboidratos fibrosos e não fibrosos. Agropecuária Técnica, 36(1), 1-8. https://doi.org/10.25066/agrotec.v36i1.19184
Seção
Artigo Científico