Caracterização morfológica de Alternaria alternata (Fr.:Fr.) Keissl. ocorrente em solanáceas

  • Paulo Henrique Pereira Costa Muniz Universidade Estadual de Goiás, Ipameri
  • Jessica Borges de Oliveira Universidade Estadual de Goiás, Ipameri
  • Gustavo Henrique Silva Peixoto Universidade Estadual de Goiás, Ipameri
  • Fabricio Rodrigues Universidade Estadual de Goiás, Ipameri
  • Daniel Diego Costa Carvalho Universidade Estadual de Goiás, Laboratório de Fitopatologia, Ipameri, Goiás, Brasil. http://orcid.org/0000-0003-0564-4051

Resumo

A pinta preta, cujo agente causal é o fungo Alternaria spp., encontra-se distribuída pelas áreas de plantio de solanáceas, registrando consideráveis perdas de produção em diversas regiões do mundo. Neste sentido, a correta identificação do patógeno consiste no primeiro passo para o manejo da doença, visando a garantia do estabelecimento uniforme das culturas em campo. Objetivou-se com este trabalho caracterizar o fungo Alternaria sp. ocorrente em órgãos vegetativos de tomate e batateira. Em inspeções fitossanitárias em propriedades rurais do município de Ipameri, Goiás, foram coletadas duas amostras de folhas de tomateiro, uma de fruto e uma de folhas de batateira exibindo lesões, as quais foram examinadas em estereomicroscópio. Para caracterização micromorfológica, foram confeccionadas lâminas semipermanentes, mediante a remoção de micélio e estruturas fúngicas encontradas sobre o tecido vegetal infectado. A espécie encontrada nos materiais de solanáceas analisados apresentou conídios com 18,4 – 54,8 x 5,8 – 18,4 µm, formato de pera invertida, coloração marrom clara e bico de 3,2 – 17,2 µm. Portanto, verifica-se a ocorrência da espécie A. alternata para as quatro amostras analisadas.

Biografia do Autor

Paulo Henrique Pereira Costa Muniz, Universidade Estadual de Goiás, Ipameri
Universidade Estadual de Goiás, Ipameri
Jessica Borges de Oliveira, Universidade Estadual de Goiás, Ipameri
Universidade Estadual de Goiás, Ipameri
Gustavo Henrique Silva Peixoto, Universidade Estadual de Goiás, Ipameri
Universidade Estadual de Goiás, Ipameri
Fabricio Rodrigues, Universidade Estadual de Goiás, Ipameri
Universidade Estadual de Goiás, Ipameri
Daniel Diego Costa Carvalho, Universidade Estadual de Goiás, Laboratório de Fitopatologia, Ipameri, Goiás, Brasil.
Universidade Estadual de Goiás, Laboratório de Fitopatologia, Ipameri, Goiás, Brasil.
Publicado
2018-05-23
Seção
Agronomia