Viabilidade econômica do consórcio entre genótipos de milho com feijão comum na região da Zona da Mata alagoana

Islan Diego Espíndula de Carvalho, Paulo Vanderlei Ferreira, Jackson da Silva, Douglas Ferreira dos Santos, Moisés Tiodoso da Silva

Resumo


A avaliação dos custos de produção como variável determinante para a eficiência na atividade agrícola é de relevante importância para a tomada de decisão por parte do produtor, com vistas à escolha da melhor cultura e variedade a serem produzidas, para obtenção de uma equalização entre produtividade e custos. Objetivou-se avaliar a viabilidade econômica do consórcio entre genótipos de milho com feijão comum na região da Zona da Mata alagoana. O experimento foi conduzido na safra de 2014, no delineamento em blocos ao acaso, em que os tratamentos foram quatro genótipos de milho (Alagoano, Viçosense, Nordestino e Cruzeta) em dois sistemas de plantio (consórcio e monocultivo), no esquema fatorial (4 x 2), em três repetições. As variáveis avaliadas foram a produção equivalente de milho verde (PEMV), produção equivalente de milho seco (PEMS), receita bruta (RB), receita líquida (RL) e taxa de retorno (TR). As variáveis foram comparadas por meio das médias e desvio padrão. O consórcio apresenta maior retorno financeiro, seja na finalidade de produzir espigas verdes ou milho em grãos, apresentando-se como alternativa de maior viabilidade econômica e segurança financeira para os produtores.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25066/agrotec.v38i4.36226

Revista Agropecuária Técnica
ISSN impresso 0100-7467
ISSN online 2525-8990


Este periódico está indexado em:




Índice h (Google Scholar)=14


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional