Ocorrência de animais com anticorpos anti-Leptospira spp. na região de Uberlândia, MG, 2011-2014

Alex Ferreira Mendes, Ana Beatriz Garcez Buiatte, Dayane Olímpia Gomes, Andreia Zago Ciuffa, Thais Fernanda Martins dos Reis, Anna Monteiro Correia Lima

Resumo


A Leptospirose é uma doença cosmopolita de grande relevância para a Medicina Veterinária por ocorrer em diversas espécies domesticas e silvestres, podendo causar prejuízos nos setores produtivos e preocupações para a saúde pública. Assim, o objetivo do trabalho foi avaliar a frequência de bovinos, bubalinos, caninos selvagens, caninos, caprinos, equinos, felinos, ovinos, roedores e suínos sororeagentes ao teste para leptospirose e quais sorogrupos foram mais prevalentes. Para tal, foram compilados os resultados dos exames de leptospirose obtidos pelo teste de Soroaglutinação Microscópica realizados no Laboratório de Doenças Infectocontagiosas da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Uberlândia, entre os anos de 2011 a 2014. A espécie que apresentou maiores índices de soropositividade foi a bovina, o sorogrupo mais prevalente foi o Sejroe.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25066/agrotec.v39i3.40383

Revista Agropecuária Técnica
ISSN impresso 0100-7467
ISSN online 2525-8990


Este periódico está indexado em:




Índice h (Google Scholar)=14


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional