Atributos de solo irrigado com água subterrânea cultivado com mangueiras ‘Palmer’ no Norte Mineiro

Resumo

A irrigação contínua, principalmente no semiárido pode enriquecer o solo com sais prejudiciais à sua fertilidade, inviabilizando o cultivo de fruteiras devido ao desequilíbrio químico e alteração da disponibilidade de nutrientes. Neste sentido, objetivou-se avaliar os atributos químicos e físico-químicos de um Latossolo Vermelho eutrófico quanto à fertilidade e salinidade, sob mangicultura irrigada com água de aquífero confinado no Norte de Minas Gerais. A amostragem de solo foi realizada nas camadas de 0-0,2; 0,2-0,4; 0,4-0,6 e 0,6-0,8 m de profundidade, em seis estabelecimentos rurais, contendo duas condições em cada um: a) mata nativa e b) centro da área irrigada por microaspersão, onde foram determinados o pH em água,  Ca, Mg, K, Na, Al, H+Al, Fe, Mn, Cu, B e Zn. Também, na água de irrigação de cada estabelecimento, foram avaliados o pH, condutividade elétrica, Ca2+, Mg2+, Na+, CO32-, HCO3-, Cl- e a RAS. A irrigação com água de aquífero carbonático aumenta os teores de cálcio, eleva o pH e diminui a disponibilidade do  manganês,  aumenta a relação Ca/Mg e Ca/K no solo cultivado com mangueira 'Palmer'.

Publicado
2019-12-18
Seção
Agronomia