PÓS-ANARQUISMO: entre política e antipolítica

Autores

  • Saul Newman

Resumo

Esse artigo explora o anarquismo como uma reflexão sobre a política. A teoria anarquista colocou-se muitas vezes na posição paradoxal de ser tanto antipolítica – em seu desejo de acabar com todas as estruturas de poder – quanto política – em seu compromisso com questões de organização, estratégia revolucionária e na forma de sociedade pós-revolucionária. Sugiro aqui a existência de uma genuína aporia entre esses dois polos, aporia que pode, no entanto, produzir uma concepção alternativa da política. O pós-anarquismoopera por meio desta aporia, desconstruindo o fundamentalismo do anarquismo clássico e, ao fazê-lo, desenvolve novas abordagens anarquistas para a autonomia do político, ética, subjetividade e utopia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-10-04

Como Citar

Newman, S. (2012). PÓS-ANARQUISMO: entre política e antipolítica. REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS - POLÍTICA &Amp; TRABALHO, 36. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/politicaetrabalho/article/view/12865

Edição

Seção

Nº 36 - DOSSIÊ ESTUDOS ANARQUISTAS CONTEMPORÂNEOS