ANARQUISMO E EDUCAÇÃO: os desafios para uma pedagogia libertária hoje

Autores

  • Sílvio Gallo

Resumo

O propósito deste artigo é problematizar os sentidos e possibilidades de uma pedagogia libertária em nossos dias. Faz um resgate dos principais princípios libertários em educação nos projetos dos séculos XIX e XX, marcados por uma defesa da autonomia (Stirner e Nietzsche) e pela construção de uma nova moralidade através de uma educação integral (Robin, Faure e Ferrer), para mostrar que o anarquismo e suas propostas pedagógicas nestes séculos estiveram marcados pelo projeto humanista moderno. Problematiza então o sentido destes projetos, a partir de uma perspectiva pós-estruturalista, para afirmar, com Deleuze e Foucault, um processo educativo centrado no aprender como acontecimento singular.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-10-04

Como Citar

Gallo, S. . (2012). ANARQUISMO E EDUCAÇÃO: os desafios para uma pedagogia libertária hoje. REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS - POLÍTICA &Amp; TRABALHO, 36. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/politicaetrabalho/article/view/12869

Edição

Seção

Nº 36 - DOSSIÊ ESTUDOS ANARQUISTAS CONTEMPORÂNEOS