Linguagem simbólica e razão hermenêutica

Autores

  • Constança Marcondes Cesar UFPB

Resumo

A obra de Ricoeur é, sob vários aspectos, uma meditação sobre a linguagem e a razão.Sua filosofia se propõe a busca de uma plenitude da linguagem ,plenitude esquecida e perdida na civilização técnica. Fazendo a crítica da razão moderna, o pensador francês assinala como campo próprio dos estudos da filosofia hermenêutica a linguagem simbólica.Para ele, esse tipo de linguagem reenvia o homem contemporâneo à dimensão originária da palavra, dimensão instauradora de sentido, fundadora do significado profundo de sua inscrição no mundo e no tempo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2015-11-04

Como Citar

CESAR, C. M. Linguagem simbólica e razão hermenêutica. Prim Facie, [S. l.], v. 12, n. 23, p. 01–13, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/primafacie/article/view/26364. Acesso em: 18 maio. 2024.