ESTRESSE OCUPACIONAL EM PROFISSIONAIS DA SAÚDE QUE ATUAM NO SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÓVEL DE URGÊNCIA DE CAJAZEIRAS - PB

  • Maria Soraya Pereira Franco ADRIANO Docente Doutora da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). João Pessoa. Paraíba. Brasil.
  • Mônica Rafaela de ALMEIDA Psicóloga da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA). Mossoró. Rio Grande do Norte. Brasil.
  • Pâmela Peronico Leite RAMALHO Enfermeira graduada pela Universidade Federal de Campina Grande. Cajazeiras. Paraíba. Brasil.
  • Iluska Pinto da COSTA Docente da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Cajazeiras. Paraíba. Brasil.
  • Aissa Romina Silva do NASCIMENTO Docente da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Cajazeiras. Paraíba. Brasil.
  • Janaíne Chiara Oliveira MOARES Universidade Federal da Paraíba

Resumo

Objetivo: Avaliar o nível de estresse ocupacional da equipe de saúde atuante no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Materiais e métodos: Trata-se de um estudo descritivo com abordagem quantitativa, realizado com 24 profissionais do SAMU do município de Cajazeiras – PB, no qual utilizou-se como instrumento de coleta o Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp. Resultados: 16,7% dos profissionais são acometidos pelo estresse no ambiente de trabalho, onde destes, todos se encontram na fase de Resistência. Quanto à sintomatologia consequente ao estresse, os homens desencadearam predominantemente sintomas psicológicos, enquanto as mulheres desenvolveram alterações nos aspectos físicos e psicológicos, simultaneamente. Conclusão: Vislumbra-se que as atividades laborais exercidas pelos profissionais do SAMU geram reações positivas para o estresse, em que os aspectos mais afetados estão ligados ao psicológico e à sobrecarga física, condições que se não prevenidas, concorrem para prejuízos na saúde do trabalhador, na produtividade, na organização do serviço e especialmente na assistência prestada à população. DESCRITORES Serviços Médicos de Emergência. Esgotamento profissional. Ambiente de trabalho. Doenças profissionais.

Biografia do Autor

Janaíne Chiara Oliveira MOARES, Universidade Federal da Paraíba
Enfermeira graduada pela Universidade Federal de Campina Grande; Especialista em Saúde da Família; Membro e pesquisadora do Núcleos de Estudos e Pesquisas em Bioética da Universidade Federal da Paraíba.
Publicado
2016-11-23
Como Citar
ADRIANO, M. S. P. F., ALMEIDA, M. R. de, RAMALHO, P. P. L., COSTA, I. P. da, NASCIMENTO, A. R. S. do, & MOARES, J. C. O. (2016). ESTRESSE OCUPACIONAL EM PROFISSIONAIS DA SAÚDE QUE ATUAM NO SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÓVEL DE URGÊNCIA DE CAJAZEIRAS - PB. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 21(1), 29-34. https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2017v21n1.16924
Seção
Pesquisa