INFLUÊNCIA DA CONCENTRAÇÃO E DO TEMPO DE CONDICIONAMENTO COM ÁCIDO HIDROFLUORÍDRICO NA RUGOSIDADE E MORFOLOGIA SUPERFICIAL DE UMA ZIRCÔNIA GLAZEADA

  • Fernanda CAMPOS Instituto de Ciência e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - UNESP, São José dos Campos, São Paulo, Brasil.
  • Sarina Maciel Braga PEREIRA Instituto de Ciência e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - UNESP, São José dos Campos, São Paulo, Brasil.
  • Sabrina Alves FEITOSA Instituto de Ciência e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - UNESP, São José dos Campos, São Paulo, Brasil.
  • Luiz Felipe VALANDRO Departamento de Odontologia Restauradora, Universidade Federal de Santa Maria/UFSM- Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.
  • Marco Antonio BOTTINO Instituto de Ciência e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - UNESP, São José dos Campos, São Paulo, Brasil.
  • Rodrigo Othavio de Assunção SOUZA Departamento de Odontologia Restauradora, Universidade Federal da Paraíba/UFPB- João Pessoa, Paraiba, Brasil.

Resumo

Objetivo: Avaliar o efeito da concentração e do tempo de condicionamento com ácido fluorídrico na rugosidade e morfologia superficial de uma zircônia glazeada. Materiais e Métodos: Blocos de cerâmica à base de zircônia (5×5×3 mm) (Vita YZ-2000-Cubes, Vita-Zahnfabrik, Alemanha) foram confeccionados e divididos em 6 grupos, de acordo com os fatores “concentração do ácido fluorídrico (HF)” (5% e 10%) e “tempo de condicionamento” (20 s, 60 s e 90 s) (n=2): HF10/20 = HF 10% + 20 s; HF10/60 = HF 10% + 60 s; HF10/90 = HF 10% + 90 s; HF5/20 = HF 5% + 20 s; HF5/60 = HF 5% + 60 s; HF5/90 = HF 5% + 90 s. O glaze (Vita Akzent, Vita-Zahnfabrik, Alemanha) foi aplicado com o auxílio de um pincel e sinterizado de acordo com as recomendações do fabricante. Após os diferentes protocolos de condicionamento, foram aferidas cinco medições de rugosidade (Ra) para cada espécime em Perfilômetro Digital (Wyko®, Modelo NT-1100, Veeco, EUA). Os dados (µm) obtidos foram analisados estatisticamente com análise de variância (ANOVA 2-fatores) e Teste de Tukey (95%). Resultados: O fator “concentração do ácido fluorídrico” (p=0,149) não foi significante estatísticamente. No entanto, o fator “tempo de condicionamento” (p=0,009) foi significante. A interação entre os fatores também apresentou significância estatística (p=0,00). As médias de rugosidade (±desvio-padrão) obtidas foram (µm): GHF10/20=1,94(±0,72)A, GHF5/90=1,92(±0,19)A, GHF5/20=1,38(±0.48)AB, GHF5/60=1,18(±0,63)B, GHF10/60=1,17(±0,30)B, GHF10/90=0,82(±0,27)B (Tukey). Conclusão: Conclui-se que o ácido fluorídrico (10%) em maior concentração, associado a um menor tempo de condicionamento (20 s), promoveu maior rugosidade superficial da zircônia glazeada. DESCRITORES: Cerâmica. Zircônio. Vitrificação.

Biografia do Autor

Fernanda CAMPOS, Instituto de Ciência e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - UNESP, São José dos Campos, São Paulo, Brasil.
Cirurgião-dentista, Mestre e Doutoranda em Odontologia Restauradora
Sarina Maciel Braga PEREIRA, Instituto de Ciência e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - UNESP, São José dos Campos, São Paulo, Brasil.
Cirurgião-dentista, Mestre e Doutoranda em Odontologia Restauradora
Sabrina Alves FEITOSA, Instituto de Ciência e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - UNESP, São José dos Campos, São Paulo, Brasil.
Cirurgião-dentista, Mestre e Doutoranda em Odontologia Restauradora
Luiz Felipe VALANDRO, Departamento de Odontologia Restauradora, Universidade Federal de Santa Maria/UFSM- Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.
Cirurgião-dentista, Doutor em Odontologia Restauradora. Professor Adjunto da Disciplina de Prótese Fixa.
Marco Antonio BOTTINO, Instituto de Ciência e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - UNESP, São José dos Campos, São Paulo, Brasil.
Cirurgião-dentista, Doutor em Odontologia Restauradora. Professor Titular da Disciplina de Prótese Fixa.
Rodrigo Othavio de Assunção SOUZA, Departamento de Odontologia Restauradora, Universidade Federal da Paraíba/UFPB- João Pessoa, Paraiba, Brasil.
Cirurgião-dentista, Doutor em Odontologia Restauradora. Professor Adjunto da Disciplina de Prótese Fixa.
Publicado
2018-03-06
Como Citar
CAMPOS, F., PEREIRA, S. M. B., FEITOSA, S. A., VALANDRO, L. F., BOTTINO, M. A., & SOUZA, R. O. de A. (2018). INFLUÊNCIA DA CONCENTRAÇÃO E DO TEMPO DE CONDICIONAMENTO COM ÁCIDO HIDROFLUORÍDRICO NA RUGOSIDADE E MORFOLOGIA SUPERFICIAL DE UMA ZIRCÔNIA GLAZEADA. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 22(1), 7-14. https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2018v22n1.17188
Seção
Pesquisa