Análise Documental Ilustrada em Administração Pública: uma Proposta Operacional (Re)Aplicável

  • Jorge Leal da Silva Universidade Federal de Viçosa
  • Magnus Luiz Emmendoerfer Universidade Federal de Viçosa
  • Nina Rosa da Silveira Cunha Universidade Federal de Viçosa

Resumo

Objetivo: O necessário rigor metodológico na consecução da pesquisa documental apresenta-se como desafio para a qualidade na pesquisa social. Tomando como ponto de partida este problema, o presente artigo teve por objetivo propor a organização de procedimentos para a consecução da pesquisa documental na área de Administração Pública, no intuito de que ao traçar ações ordenadas, aperfeiçoamentos na prática da pesquisa possam ser qualitativamente perceptíveis. Metodologia: Em termos metodológicos, empregou-se o estudo de casos ilustrativos, cuja inspiração se fundamentou na Design Science Research (DSR). Ao partir da organização de procedimentos propostos, aplicou-se a pesquisa documental, utilizando-se como ilustração um decreto presidencial para tratar da operacionalização do conceito de ética no serviço público federal brasileiro. Principais resultados: Com efeito, sinalizações em termos de condicionantes e procedimentos foram apontadas como contribuições para pesquisadores e práticos da área. Contribuição prática: a sistematização operacional proposta em fases, apresenta-se como um contributo original e potencialmente reaplicável, quando se pretende extrair informações de documentos úteis a gestores e pesquisadores de organizações públicas.

Palavras-chave: Análise Documental Ilustrada; Administração Pública; Ética; Serviço Público Federal

Biografia do Autor

Jorge Leal da Silva, Universidade Federal de Viçosa

Mestrando em Administração pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e bacharel em Administração pela Universidade Presbiteriana Mackenzie - UPM (2017). Possui interesse de pesquisa em Análise do Discurso Crítica (ADC), Poder Judiciário e Administração de Instituições da Justiça.No primeiro ano do Mestrado participou e apresentou trabalhos científicos em Congressos como o Semead (USP); CONEAC (Uniararas) e CASI (UFF). É bolsista pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). E-mail: jorge.leal@ufv.br

Magnus Luiz Emmendoerfer, Universidade Federal de Viçosa

os-doutor em Administração Pública, Universidade do Minho, e em Turismo, Universidade do Algarve, Portugal. Doutor em Ciencias Humanas: Sociologia e Politica, UFMG. Administrador e Mestre em Administracao pela UFSC. Professor Associado no Departamento de Administração e Contabilidade da Universidade Federal de Vicosa (UFV) com atuação no Programa de Pos-graduação em Administração - Mestrado, Doutorado e Pós-Doutorado com concentração em Administração Publica, onde foi Coordenador e membro do Conselho Administrativo do Inst. Políticas Públicas e Des. Sustentável - IPPDS (2016-19). Bolsista de Produtividade em Pesquisa (PQ-2) - CNPq. Presidente da Sociedade Brasileira de Administração Pública - SBAP (2018-2020) e membro do Camara de Assessoramento em Politicas Publicas da FAPEMIG (2018-2020). Foi Representante Estadual da ANGRAD - Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administracao em Minas Gerais (2015-17) e coordenador do curso de graduação em Administração, UFV (2009-2011). No Ensino Superior, é docente há 18 anos, com atuação na modalidade EaD, no curso de graduação em Administração pela UAB (2007-2010) e foi Coordenador do Curso Lato Sensu em Gestão Pública Municipal, modalidade EaD, do PNAP-UAB (2013-2014). Atua como Avalidor de cursos superiores pelo INEP desde 2006. Na Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Administração ? ANPAD, foi membro do Comitê da Divisão Acadêmica de Ensino e Pesquisa (2013-2014), e líder de tema sobre Casos para Ensino (2011-2012). Foi orientador de projeto FUNARBEN/UFV (2011-2012) sobre ?O método de caso para ensino como tecnologia educacional de desenvolvimento de habilidades gerenciais em sala de aula?. Possui publicações em artigos, livros e prêmios sobre o tema Ensino. Leciona desde 2006 a disciplina de Gestão do Trabalho Humano nas Organizações I e II (ADM 332 / 333) em que os temas Aprendizagem e Educação são tratados para a formação do profissional de Administração. Professor visitante nas Universidades de Breda e Tilburg (Holanda), Minho, Algarve e Évora (Portugal). Líder do Grupo Extensionista de Pesquisa/CNPq em Gestão e Desenvolvimento de Territórios Criativos (GDTeC) do Núcleo de Administração e Políticas Públicas (NAP2). Membro efetivo nos Grupos de Pesquisa: COGITO - Conhecimento, Organizacao e Turismo; N+APGS - Nucleo de Administração Pública, Governo e Sociedade. Membro de organizações cientificas como ANPAD, SBAP, ANPTUR - Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Turismo, RGS - Rede de Pesquisadores em Gestão Social e REDETEG - Rede Iberoamericana de Estudos sobre Desenvolvimento Territorial e Governança. Já foi membro da International Association of Time Uses Research, International Public Policy Association e Sociedade Brasileira de Sociologia. Foi Bolsista de Excelencia de Qualidade em Pesquisa da Fundação Arthur Bernardes - FUNARBE (2011-13). Foi Idealizador e Coordenador do Programa e do Projeto de Extensão Universitária SuperAção Junior: Movimento Empresa Junior (MEJ) na UFV (2006-15). Coordenador da Central de Empresas Juniores (CEMP) do Centro de Desenvolvimento Tecnológico de Viçosa - CENTEV (2008-14. Membro de Conselho Editorial e Parecerista de Revistas e Eventos Tecnico-Cientificos Qualis/CAPES. Tem interesse em: a) Empreendedorismo e Inovação no Setor Publico; b) Gestao e Politicas Publicas de Turismo (Criativo); c) Territórios, Economia e Organizações Criativas; d) Gestao de Pessoas e Relações de Trabalho; e) Métodos de Pesquisa Qualitativos e Casos para o Ensino

Nina Rosa da Silveira Cunha, Universidade Federal de Viçosa

Atualmente é Professora Titular do Departamento de Administração e Contabilidade da Universidade Federal de Viçosa - UFV- MG. Possui graduação em Direito pela Fundação Universidade de Itaúna (1973), mestrado em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais (1981) e doutorado em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa (2006). Atua no Ensino Superior há 40 anos nas modalidades presencial e a distância, no curso de Administração pela UAB. Foi Idealizadora e Coordenadora do Curso Lato Sensu em Gestão Empresarial e Ambiental. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração Pública e Gestão Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: empreendedorismo, Zona da Mata de Minas Gerais, gestão de pessoas, pequenas e médias empresas, gestão ambiental. Nos cursos de Graduação e de Pós Graduação lecionou ou leciona as disciplinas Estágio Supervisionado; Organização e Métodos em Cooperativas; Organização, Sistemas e Métodos; Princípios e Técnicas de Administração; Teoria Geral da Administração; Metodologia de Intervenção Organizacional; Gestão de Pessoas; Gestão Estratégica de Recursos Humanos; Estratégias Comportamentais; Teoria das Organizações; Gestão do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; Seminário. Membro dos Grupos de Pesquisa: Administração Pública e Gestão Social; e, Gestão e Desenvolvimento de Territórios Criativos. Foi Presidente ou membro de Comissões de Extensão, de Pesquisa e de Ensino. Representante dos Professores Titulares no Conselho Departamental do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes. Presidente ou membro de várias bancas de concurso e de avaliação de trabalhos de conclusão de curso. Parecerista de Revistas Qualis/CAPES. Exerce ou exerceu orientações de projetos de mestrado, doutorado e de graduação. Possui publicações em artigos e livros. Foi contemplada com o Prêmio Rui Miller Paiva, pelo Melhor Artigo Publicado na Revista Economia Rural no ano de 2009, durante o 47º Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural ? SOBER. Contemplada com o Diploma de Honra ao Mérito em nome da Divisão de Saúde da Universidade Federal de Viçosa, Fundação Hemominas - Hemonúcleo de Ponte Nova ? MG (2013 e 2014). Homenageada com a Medalha Bello Lisboa, UFV (2005). Homenageada na qualidade de ex-conselheira nos 25 anos de fundação do AGROS (2005). Em cargos administrativos exerceu a Chefia da Divisão de Saúde da UFV (1996-2000). Foi Diretora de Recursos Humanos da UFV (1994-2000).

Publicado
2020-08-07
Como Citar
Silva, J. L. da, Emmendoerfer, M. L., & Cunha, N. R. da S. (2020). Análise Documental Ilustrada em Administração Pública: uma Proposta Operacional (Re)Aplicável. TPA - Teoria E Prática Em Administração, 10(2), 23-41. https://doi.org/10.21714/2238-104X2020v10i2-51394
Seção
Dossiê (Dossier)