ESTUDO DA OBSOLESCÊNCIA DE SUPORTES DE ARMAZENAMENTOS DIGITAIS POR MEIO DE DEPÓSITOS DE PATENTES

Compact Disk (CD), Digital Video Disk (DVD), memória flash e memória quântica

Autores

  • Paula Cotrim de Abrantes Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Rita Pinheiro Machado Instituto Nacional de Propriedade Industrial
  • Cristina d'Urso de Souza Mendes Instituto Nacional de Propriedade Industrial

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2318-6186.2022v10n1.62578

Palavras-chave:

Suporte de armazenamento digital, Patente, Obsolescência tecnológica

Resumo

Reflete sobre a obsolescência do Compact Disk (CD), do Digital Video Disk (DVD), da memória flash e da memória quântica, os investigando como suportes de armazenamento digitais. Cada um deles tem sua particularidade e se tornaram uma inovação no seu próprio tempo, mas existe uma lacuna a ser solucionada sobre algumas questões intrínsecas de suas diferenças, similaridades e obsolescências. Este trabalho busca exatamente trazer à tona essas questões, realizando pesquisas na base de dados de patente Espacenet, e ressaltar a importância de pesquisas interdisciplinares da área da Informação com a Propriedade Industrial. Documentos de patentes possuem aproximadamente 80% das primeiras informações sobre uma dada tecnologia, sendo, portanto, ótimos indicadores no que se refere à obsolescência tecnológica. Dessa forma, pesquisas nessa área são importantes para os profissionais da informação não serem pegos de surpresa quanto ao surgimento de novas tecnologias, e podem assim se preparar melhor quanto às questões relacionadas à migração de dados e à preservação digital da informação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paula Cotrim de Abrantes, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Possui graduação em Arquivologia (2003) e Biblioteconomia (2010), ambas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Concluiu Especialização em Gerenciamento de Projetos. Mestre em Propriedade Intelectual e Inovação, pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). Atualmente é arquivista da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Tem experiência em indexação e vocabulário controlado. Atua em arquivos correntes, intermediários e permanentes. Organiza e ministra cursos de capacitação em gestão documental para os servidores e bolsistas da UNIRIO. Cocriadora dos aplicativos arquivísticos TTDD MEIO, TTDD FIM IFES e ArquivoCalc. Atua na elaboração de conteúdo para as Redes Sociais Digitais do Arquivo Central da UNIRIO (Facebook e Instagram).

Rita Pinheiro Machado, Instituto Nacional de Propriedade Industrial

Professora do Mestrado Profissional e do Doutorado em Propriedade Intelectual e Inovação do INPI. Doutorado (2004) e Mestrado (1999) em Química Biológica, ambos com ênfase em Gestão, Educação e Difusão de Biociências, realizados no Instituto de Bioquímica Médica da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Santa Úrsula (1984). Atualmente, é Especialista Sênior em Propriedade Intelectual do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) onde começou a trabalhar como examinadora de patentes (2002 - 2004). Foi Coordenadora da Cooperação Nacional (2005 - 2007), atuando na articulação de parcerias com os diversos atores do sistema nacional de inovação. Em 2008, coordenou a Academia da Propriedade Intelectual, Inovação e Desenvolvimento do INPI, onde são organizados cursos de capacitação de curta, média e longa duração, incluindo cursos de pós-graduação Lato e Stricto sensu. Entre 2009 - 2013 atuou como Coordenadora-Geral de Ação Regional coordenando a atuação do INPI nos Estados da Federação. Entre 2013 e março de 2018 coordenou mais uma vez a Academia do INPI. 

Cristina d'Urso de Souza Mendes, Instituto Nacional de Propriedade Industrial

Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2001), mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2004) e doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2014). Atualmente é pesquisador em propriedade industrial do Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Tem experiência na área de Engenharia Química, com ênfase em Tecnologia Química, atuando principalmente nos seguintes temas: banco de dados, balança comercial, informação tecnológica, patentes e cadeia produtiva.

Referências

ABRANTES, Paula Cotrim de. Uma análise da evolução dos depósitos de patentes para identificar a dinâmica de obsolescência tecnológica em suportes de armazenamento digital por meio da Curva S. 2022. 203 f. Dissertação (Mestrado em Propriedade Intelectual e Inovação). Instituto Nacional de Propriedade Industrial. Rio de Janeiro, 2022.

ANJOS, João Carlos Costa dos; VIEIRA, Cássio Leite. Um olhar para o futuro: desafios da física para o século 21. Rio de Janeiro: Veiria & Lent: FAPERJ, 2008. 189 p.

ASCHE, Geert. “80% of technical information found only in patents” – Is there proof of this? World Patent Information. Boehringer Ingelheim Pharma GmbH & Co. KG, Dept. Patents, Germany. v. 48, p. 16-28, mar. 2017. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0172219016301429?via%3Dihub. Acesso em: 14 maio 2021.

BARREIROS, Adriana de Almeida; PALETTA, Fátima Aparecida Colombo. A durabilidade dos suportes eletrônicos e a preservação da informação. Universidade de São Paulo. Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas. Repositório – FEBAB. 2002. 10 p. Disponível em: http://repositorio.febab.org.br/items/show/4078. Acesso em: 10 jun. 2021.

BARROS, Patrícia Silva Nascimento. Reconhecimento quântico de padrões aplicados à sequências de DNA. 78 f. 2011. Dissertação (Mestrado em Biometria e Estatística Aplicada) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife. Disponível em: http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede/handle/tede2/5238. Acesso em: 25 jun. 2021.

BRASIL. Lei nº 9279, de 14 de maio de 1996. Regula direitos e obrigações relativos à propriedade industrial. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9279.htm#:~:text=LEI%20N%C2%BA%209.279%2C%20DE%2014,obriga%C3%A7%C3%B5es%20relativos%20%C3%A0%20propriedade%20industrial.&text=Art.&text=6%C2%BA%20Ao%20autor%20de%20inven%C3%A7%C3%A3o,nas%20condi%C3%A7%C3%B5es%20estabelecidas%20nesta%20Lei. Acesso em: 12 jun. 2021.

BUTZEN, P. F. et al. Efeitos Físicos Nanométricos em Circuitos Integrados Digitais. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2009. Disponível em: https://www.inf.ufrgs.br/logics/docman/book_ufpel_butzen.pdf. Acesso em 19 mar. 2022

BYERS, Fred R. Care and Handling of CDs and DVDs: a Guide for Librarians and Archivists. Washington, D.C.: Council on Library and Information Resources, National Institute of Standards and Technology, 2003. 49 p. Disponível em: https://www.clir.org/wp-content/uploads/sites/6/pub121.pdf. Acesso em: 11 ago. 2021.

CONARQ - CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS; CTDE - Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos. Glossário, 8. Rio de Janeiro: CONARQ, 2020, 50 p. Disponível em: http://antigo.conarq.gov.br/images/ctde/Glossario/glosctde_2020_08_07.pdf. Acesso em 19 out. 2021.

COSTA, Israel Reis; PINTO, Liliane Faria Corrêa. A evolução dos dispositivos de armazenamento de dados na perspectiva da História. Curso Licenciatura em Informática. Universidade Federal do Maranhão, São Luís. 2017. p. 1-29. Disponível em: https://monografias.ufma.br/jspui/bitstream/123456789/2830/1/IsraelReisCosta.pdf. Acesso em: 12 jun. 2021.

ELETRONICS-LAB.COM. Understanding flash memory and how it works. 2018. Disponível em: https://www.electronics-lab.com/understanding-flash-memory-and-how-it-works/. Acesso em: 31 dez. 2021.

ENCYCLOPAEDIA BRITANNICA. DVD technology. 2018. Disponível em: https://www.britannica.com/technology/DVD. Acesso em: 12 jun. 2021.

EPO – EUROPEAN PATENT OFFICE. Help. Country codes. 2021a. Disponível em: https://worldwide.espacenet.com/patent/help/countrycodes. Acesso em: 11 dez. 2021.

EPO – EUROPEAN PATENT OFFICE. The EPO at a glance. 2021b. Disponível em: https://www.epo.org/about-us/at-a-glance.html. Acesso: 18 jul. 2021.

FLAMM, Kenneth. A tale of two standards: patent pools and innovation in the optical disk drive industry. National Bureau of Economic Research: Cambridge, 2013. 45p. Disponível em: https://www.nber.org/system/files/working_papers/w18931/w18931.pdf. Acesso em: 14 jul. 2021.

FONSECA, Maria. Odila. Arquivologia e ciência da informação. Rio de Janeiro: FGV, 2005. 124 p.

GALVÃO, Ernesto. O que é computação quântica. Rio de Janeiro: Vieria & Lent, 2007. 128 p.

HENESSY, John L; PATTERSON, David. Arquitetura de computadores: uma abordagem quantitativa. trad. Eduardo Kraszczuk. 5 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2014. 744p.

IFSC - INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA. AULA 13 - Microprocessadores – Graduação. Memória Externa. DVD/CD ROM. 2019. Disponível em: https://wiki.ifsc.edu.br/mediawiki/index.php/AULA_13_-_Microprocessadores_-_Gradua%C3%A7%C3%A3o. Acesso em: 09 jul. 2021.

INNARELLI, Humberto Celeste. Preservação de documentos digitais: confiabilidade de mídias CD-ROM e CD-R. 2006. 170 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação). Universidade Estadual de Campinas. Campinas, SP. 2006.

INPI - INSTITUTO NACIONAL DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL. Manual Básico para Proteção por Patentes de Invenções, Modelos de Utilidade e Certificados de Adição. jul. 2021a. Disponível em: https://www.gov.br/inpi/pt-br/servicos/patentes/guia-basico/ManualdePatentes20210706.pdf. Acesso em: 17 ago. 2021.

INPI - INSTITUTO NACIONAL DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL. Patente: da importância a sua proteção. 2021b. Disponível em: http://www.abinee.org.br/informac/arquivos/cinpipat.pdf. Acesso em: 17 mar. 2022.

INPI - INSTITUTO NACIONAL DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL. Classificação de patentes. IPC/CPC. 2021c. Disponível em: https://www.gov.br/inpi/pt-br/servicos/patentes/classificacao-de-patentes. Acesso em: 01 jun. 2021.

INTERPARES - INTERNATIONAL RESEARCH ON PERMANENT AUTHENTIC RECORDS IN ELECTRONIC SYSTEMS. Team Brazil glossary. 2020. Disponível em: http://www.interpares.org/ip3/ip3_terminology_db.cfm?letter=s&term=290. Acesso em: 03 out. 2021.

JOSÉ, Marcelo Archanjo; PIQUEIRA, José Roberto Castilho; LOPES, Roseli de Deus. Introdução à programação quântica. Artigos Gerais. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 35, n. 1, 1306, p. 1-9. mar. 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbef/a/fXHgBXQHqmzf7kJ6CskyjYx/?lang=pt&format=pdf. Acesso em: 12 jul. 2021.

KINGSTON TECHNOLOGY CORPORATION. Flash memory guide:

portable flash memory for computers, digital cameras, mobile phones and other devices. 2019. Disponível em: https://media.kingston.com/pdfs/MKF_283.2_Flash_Memory_Guide_US.pdf

Acesso em: 16 ago. 2021.

KINGSTON TECHNOLOGY CORPORATION. Kingston Digital doubles capacity for world’s largest USB flash drive. 2021. Disponível em: https://www.kingston.com/us/company/press/article/48472. Acesso em: 16 ago. 2021.

LANDI, Gabriel. Investimentos em tecnologias quânticas 2.0 ganham o mundo. Jornal da USP. 18 de fevereiro de 2019. Disponível em: https://jornal.usp.br/artigos/investimentos-em-tecnologias-quanticas-2-0-ganham-o-mundo/. Acesso em: 25 ago. 2021.

LENS. Patent Filing Dates vs Priority Dates. 2020. Disponível em: https://support.lens.org/knowledge-base/filing-dates-vs-priority-dates/#:~:text=The%20filing%20date%20is%20the,invention%20relative%20to%20other%20art. Acesso em: 16 mar. 2022.

LIMA, Clarissa Costa e. Preservação digital: a experiência da pesquisa Guignard. 2007. 100 f. Dissertação (Mestrado em Artes). Universidade Federal de Minas Gerais. Minas Gerais, 2007. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/bitstream/1843/VPQZ-76CQVW/1/preservacaodigitalpqg.pdf. Acesso em: 08 jun. 2021.

MARI Jr, Sergio. Lei de Moore. Infonauta, 2021. Disponível em: https://infonauta.com.br/tecnologia-da-informacao/lei-de-moore. Acesso em: 09 de set. de 2021.

MARKET SAND MARKETS. Quantum Computing Market. 2021. Disponível em: https://www.marketsandmarkets.com/Market-Reports/quantum-computing-market-144888301.html. Acesso em 05 dez. 2021.

MEYER, Maximiliano. O que é a Lei de Moore. Oficina da net. jul. 2017. O que é a Lei de Moore. Disponível em: https://www.oficinadanet.com.br/ciencia/19681-o-que-e-a-lei-de-moore. Acesso em: 09 set. 2021.

MICRON. NOR e NAND flash guide. 2017. Disponível em: https://media-www.micron.com/-/media/client/global/documents/products/product-flyer/nor_nand_flash_guide.pdf?la=en&rev=4782dd20539d44fc95cbbca2f772f91d. Acesso em: 16 ago. 2021.

OLIVEIRA, José Miguel Rocha Valente. Desenvolvimento de um sistema IoT com comunicação via App/Cloud para monitorização de uma cama médica. 2021. 87 f. (Dissertação) Mestrado Integrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores. Universidade do Porto, Porto, 2021. Disponível em: https://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/132691/2/447538.pdf. Acesso em: 05 dez. 2021.

PACHECO, Bornieque Brister Marcovit; DISCONZI, Marcelo Salton. Ciência de Dados: Enfoque no Desafio do Processamento. Research, Society and Development. v. 8, n. 11, p. 1-15. 2019. Disponível em https://dialnet.unirioja.es/ejemplar/533127. Acesso em 25 jun. 2021.

PAVAN, Paolo; BEZ, Roberto; OLIVO, Piero; ZANONI, Enrico. Flash memory cells - an overview. IEEE, v. 85, n. 8, aug. 1997. p. 1248 – 1271. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/2985190_Flash_Memory_Cells-An_Overview. Acesso em: 22 jun. 2021.

PORTAL BIDS. SENAI CIMATEC coordenará Centro de Pesquisas Aplicadas em Inteligência Artificial. 20 agosto, 2021. Disponível em: https://portalbids.com.br/2021/08/20/senai-cimatec-2/. Acesso em: 02 dez. 2021.

PRICE, Derek. J. de Solla. Networks of Scientific Papers: the pattern of bibliographic references indicates the nature of the scientific research front. Science. v.149, n. 3683, p. 510–515. 1965. Disponível em: https://www.science.org/doi/10.1126/science.149.3683.510. Acesso em: 06 dez. 2021.

REIS, Fábio dos. O que é um Computador Quântico: conceitos e funcionamento. Bóson Treinamentos. 2020. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=s9MyPVujd7E. Acesso em 25 jun. 2021.

RONDINELLI, Rosely Curi. Gerenciamento arquivístico de documentos eletrônicos: uma abordagem teórica da diplomática arquivística contemporânea. 4. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2005. 160 p.

RSTUDIO. RStudio: Assuma o controle do seu código R. setembro, 2021. Disponível em: https://www.rstudio.com/products/rstudio/ Acesso em: 24 ago. 2021.

SAMSUNG. Samsung news room. Samsung Electronics begins mass production of industry’s largest capacity SSD – 30.72TB – for next-generation enterprise systems. 2018. Disponível em: https://news.samsung.com/global/samsung-electronics-begins-mass-production-of-industrys-largest-capacity-ssd-30-72tb-for-next-generation-enterprise-systems. Acesso em: 16 ago. 2021.

SANTOS, Henrique Machado dos; FLORES, Daniel. Os impactos da obsolescência tecnológica frente à preservação de documentos digitais. Brazilian Journal of Information Studies: Research Trends. v. 11, n. 2. p. 28-37. 2017. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/5550/4511. Acesso em: 25 out. 2021.

SENAI-RJ. Educação profissional. Rio de Janeiro: Senai; Firjan, 2009. 478 p.

SPIEGEL, Murry Ralph. Probabilidade e estatística. trad. Alfedro Alves de Faria. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1978. 527 p.

TORRES, Gabriel. Funcionamento de memórias flash. 2017. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=UNJZgCI3ttg. Acesso em: 26 dez. 2021.

WIPO - WORLD INTELLECTUAL PROPERTY ORGANIZATION. International Patent Classification (IPC). An effective and easy-to-use system to classify and search patent documents. 2020. Disponível em: https://www.wipo.int/edocs/pubdocs/en/wipo_brochure_ipc.pdf. Acesso em: 14 maio 2021.

YULIN WU et al. Strong quantum computational advantage using a superconducting quantum processor. Pré-print. Cornell University. p. 1-22. 2021. Disponível em: https://arxiv.org/pdf/2106.14734.pdf. Acesso em: 15 jul. 2021.

ZAMBON, Antonio Carlos et al. Obsolescência acelerada de produtos tecnológicos e os impactos na sustentabilidade da produção. Rev. Adm. Mackenzie, v. 16, n. 4. São Paulo, SP. jul./ago. 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ram/a/rXythpQN3zzCQPGFQQgMtKj/?lang=pt&format=pdf. Acesso em: 03 jun. 2021.

Downloads

Publicado

30-06-2022

Como Citar

COTRIM DE ABRANTES, P.; PINHEIRO MACHADO, R. .; D’URSO DE SOUZA MENDES, C. ESTUDO DA OBSOLESCÊNCIA DE SUPORTES DE ARMAZENAMENTOS DIGITAIS POR MEIO DE DEPÓSITOS DE PATENTES: Compact Disk (CD), Digital Video Disk (DVD), memória flash e memória quântica. Archeion Online, [S. l.], v. 10, n. 1, p. 38–56, 2022. DOI: 10.22478/ufpb.2318-6186.2022v10n1.62578. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/archeion/article/view/62578. Acesso em: 3 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigo de Revisão